Operação Lei Seca prende 126 pessoas durante o semestre em Mato Grosso
http://www.urgentenews.com.br/wp-content/uploads/thumbnail-for-376253.jpg
Mato Grosso
eyJfb3JpZ2luYWxfdXJsIjoiaHR0cDpcL1wvd3d3Lm10Lmdvdi5iclwvLVwvMTIyMTI5MDYtb3BlcmFjYW8tbGVpLXNlY2EtcHJlbmRlLTEyNi1wZXNzb2FzLWR1cmFudGUtby1zZW1lc3RyZS1lbS1tYXRvLWdyb3NzbyIsIl93cF9jcmF3bGVyX3NjaGVkdWxlX29yaWdpbmFsX2xpbmsiOiJubyIsIl93cF9jcmF3bGVyX3NjaGVkdWxlX29yaWdpbl9sb2dvIjoiIiwiX3dwX2NyYXdsZXJfc2NoZWR1bGVfb3JpZ2luX2xvZ29fbGluayI6IiIsIl93cF9jcmF3bGVyX3NjaGVkdWxlX2Nhbm9uaWNhbF9saW5rIjoibm8iLCJfd3BfY3Jhd2xlcl9zY2hlZHVsZV9mb250ZSI6IkZvbnRlOiBHT1YgTVQifQ==

A operação Lei Seca, que contou com 24 edições durante o semestre, resultou na prisão em flagrante de 126 condutores por embriaguez ao volante em Mato Grosso até 05 de julho deste ano, sendo 97 somente na capital. As ações foram realizadas nos municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Campo Novo e Sorriso.

Ao todo, foram lavrados 1.095 Autos de Infração no Transito (AITs), sendo 416 por ingestão de álcool, 290 por descumprimento do Art.165 e 69 pelo Art.165-A. Também foram realizados 2.752 testes de alcoolemia. Os policiais recolheram 314 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs), 280 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVs) e removeram 566 veículos.

A Operação Lei Seca é realizada de forma integrada e coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada (GGI-E) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT).

Participaram das ações as forças de segurança da Sesp (Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros, Politec e Detran), Delegacia de Delitos de Trânsito (Deletran), Ministério Público do Estado, Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Batalhão de Trânsito e Delegacia de Trânsito.

Punição

A multa para o motorista que é flagrado dirigindo sob efeito alcoólico é de R$ 2.934,70.

No momento do teste do bafômetro, o condutor que tiver índice de álcool no sangue superior a 0,33 miligramas por litro de ar expelido será preso, pagará multa, terá a CNH suspensa e responderá por crime.

Quando a quantidade de álcool for abaixo de 0,33mg/l, o condutor é autuado, tem a CNH retida e paga multa.