PF investiga esquema de superfaturamento em contratos de manutenção de rodovias em RO
http://www.urgentenews.com.br/wp-content/uploads/thumbnail-for-374351.jpg
Polícia Federal
eyJfb3JpZ2luYWxfdXJsIjoiaHR0cDpcL1wvd3d3LnBmLmdvdi5iclwvaW1wcmVuc2FcL25vdGljaWFzXC8yMDE5XC8wN1wvcGYtaW52ZXN0aWdhLWVzcXVlbWEtZGUtc3VwZXJmYXR1cmFtZW50by1lbS1jb250cmF0b3MtZGUtbWFudXRlbmNhby1kZS1mZXJyb3ZpYXMtZW0tcm8iLCJfd3BfY3Jhd2xlcl9zY2hlZHVsZV9vcmlnaW5hbF9saW5rIjoiIiwiX3dwX2NyYXdsZXJfc2NoZWR1bGVfb3JpZ2luX2xvZ28iOiIiLCJfd3BfY3Jhd2xlcl9zY2hlZHVsZV9vcmlnaW5fbG9nb19saW5rIjoiIiwiX3dwX2NyYXdsZXJfc2NoZWR1bGVfY2Fub25pY2FsX2xpbmsiOiIiLCJfd3BfY3Jhd2xlcl9zY2hlZHVsZV9mb250ZSI6IkZvbnRlOiBQb2xcdTAwZWRjaWEgRmVkZXJhbCJ9

Porto Velho/RO – A Polícia Federal deflagrou hoje (10/7) a Operação Mão Dupla, para apurar desvios de recursos públicos, por meio de superfaturamento em contratos de manutenção e conservação da rodovia BR 364, no Estado de Rondônia.

Policiais federais deram cumprimento a 7 mandados de prisão e 10 mandados de busca e apreensão, nos Estados de Rondônia e Acre. As medidas cautelares foram expedidas pela Justiça Federal de Porto Velho/RO.

De acordo com as investigações, foram firmados contratos entre o DNIT e a empresa investigada, com valor total superior a R$ 186 milhões. Além dos mandados, foi solicitado o bloqueio de mais de R$ 10 milhões, que seriam liberados irregularmente em favor da empresa investigada, evitando assim, o dano ao erário público com o pagamento indevido.

Há indícios de facilitação de servidores públicos na aprovação das medições apresentadas pela empresa investigada. Nessas medições foram detectados serviços prestados com qualidade inferior à contratada e, até mesmo, pagamento por serviços não executados.

Os crimes apurados são de peculato, corrupção ativa e passiva, bem como formação de organização criminosa, se somadas, as penas podem chegar a até 32 anos de prisão.