Prefeitura realiza capacitação para profissionais da saúde sobre programa de alimentação e nutrição
http://www.urgentenews.com.br/wp-content/uploads/thumbnail-for-365444.jpg
Prefeitura VG
eyJfb3JpZ2luYWxfdXJsIjoiaHR0cDpcL1wvd3d3LnZhcnplYWdyYW5kZS5tdC5nb3YuYnJcL2NvbnRldWRvXC8xODEwMSIsIl93cF9jcmF3bGVyX3NjaGVkdWxlX29yaWdpbmFsX2xpbmsiOiJubyIsIl93cF9jcmF3bGVyX3NjaGVkdWxlX29yaWdpbl9sb2dvIjoiIiwiX3dwX2NyYXdsZXJfc2NoZWR1bGVfb3JpZ2luX2xvZ29fbGluayI6IiIsIl93cF9jcmF3bGVyX3NjaGVkdWxlX2Nhbm9uaWNhbF9saW5rIjoibm8iLCJfd3BfY3Jhd2xlcl9zY2hlZHVsZV9mb250ZSI6IkZvbnRlOiBQcmVmZWl0dXJhIGRlIFZcdTAwZTFyemVhIEdyYW5kZSBNVCJ9

A Prefeitura Municipal de Várzea Grande capacitou e treinou servidores da Superintendência da Atenção Básica sobre os programas inseridos no Sistema da Área Técnica de Alimentação em Nutrição. Mais de 13 servidores entre gerentes e responsáveis técnicos estiveram presentes no evento, que foi idealizado pelo Escritório Regional de Saúde da Baixada Cuiabana em parceria com o município de Várzea Grande. O evento ocorreu no auditório do Hospital e Pronto Socorro de Várzea Grande.

As atividades buscam reestruturar e integrar as informações a fim de qualificar a assistência da Atenção Básica em relação aos programas inseridos no Sistema Único de Saúde (SUS) executado pelo município em parceria com o Estado e o Governo Federal. 

Um dos principais programas abordados no evento foi o Programa Bolsa Família, que contribui para o combate à pobreza e a desigualdade da população. Ele foi criado em 2003 e possui três eixos principais: Complemento de renda, acesso à direitos e articulação em outras ações. Esse é um dos programas mais procurados e que possui maior número de cadastrados, o que aumenta também a dificuldade na execução em caráter de funcionalidade. 

Os programas Política Nacional de Alimentação e Nutrição (PNAN), Sistema de Informação sobre Vigilância Alimentar e Nutricional (SISVAN), Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A, Programa Nacional de Suplementação de Ferro (PNSF) e Crescer Saudável consistem em ações que são articuladas na Rede de Atenção à Saúde do SUS a fim de garantir a promoção de práticas alimentares adequadas e saudáveis, informações contínuas sobre as condições nutricionais da população e os fatores que as influenciam.   

O Programa Mulher Trabalhadora que Amamenta e o Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil consiste em fortalecer as ações de promoção, proteção e apoio ao alimento materno e a alimentação complementar saudável. Esses programas foram discutidos e abordados passo a passo, desde, como ser inseridos, condições para aderir e processo de execução e finalização de trabalhos. O Programa Saúde nas Escolas (PSE) também integra o foco das ações, é um trabalho que vem se destacando e ganhando parcerias via gestão municipal. 

A Superintendente da Atenção Básica, Celina Bernardes explica que a Segurança Alimentar e Nutricional, enquanto estratégia ou conjunto de ações deve ser intersetorial e participativa, por isso a importância da capacitação para que os servidores estejam aptos a realizar todas as exigências contidas nos projetos a fim de manter a execução do beneficio para a população de Várzea Grande.

“Estamos realizando essa capacitação como primeira fase, durante a manhã os servidores tiveram acesso ao cadastro dos programas de forma teórica, no período vespertino avançamos para a prática. No prazo de 60 dias essa capacitação volta a ser realizada trazendo uma proposta diferenciada para os servidores na questão da importância de desenvolver esses programas para a população a fim promover uma saúde de qualidade e preventiva”, explica a gestora.     

A capacitação faz parte das ações do Programa de Financiamento das Ações de Alimentação e Nutrição (FAN) estabelece incentivo de custeio para estruturação e ação de alimentação e nutrição pelas secretarias Estaduais e Municipais de Saúde com base na Política Nacional de Alimentação e Nutrição. 

Por: Letícia Kathucia – Secom/VG