Ganso é vaiado, xingado, recebe cusparada de torcedores da Chape e pede respeito
http://www.urgentenews.com.br/wp-content/uploads/thumbnail-for-360549.jpg
Esportes
eyJfb3JpZ2luYWxfdXJsIjoiaHR0cDpcL1wvZXNwb3J0ZS5pZy5jb20uYnJcL2VzcG9ydGUuaWcuY29tLmJyXC9mdXRlYm9sXC8yMDE5LTA2LTE0XC9nYW5zby1lLXZhaWFkby14aW5nYWRvLXJlY2ViZS1jdXNwYXJhZGEtZGUtdG9yY2Vkb3Jlcy1kYS1jaGFwZS1lLXBlZGUtcmVzcGVpdG8uaHRtbCIsIl93cF9jcmF3bGVyX3NjaGVkdWxlX29yaWdpbmFsX2xpbmsiOiJubyIsIl93cF9jcmF3bGVyX3NjaGVkdWxlX29yaWdpbl9sb2dvIjoiaHR0cDpcL1wvd3d3LnVyZ2VudGVuZXdzLmNvbS5iclwvd3AtY29udGVudFwvdXBsb2Fkc1wvMjAxOFwvMDFcL2xvZ28taWctZncucG5nIiwiX3dwX2NyYXdsZXJfc2NoZWR1bGVfb3JpZ2luX2xvZ29fbGluayI6Imh0dHBzOlwvXC93d3cuaWcuY29tLmJyXC8iLCJfd3BfY3Jhd2xlcl9zY2hlZHVsZV9jYW5vbmljYWxfbGluayI6InllcyIsIl93cF9jcmF3bGVyX3NjaGVkdWxlX2ZvbnRlIjoiSUcgRVNQT1JURSJ9

Lance

Ganso fez o gol de empate do Fluminense contra a Chapecoense
Twitter/Reprodução

Ganso fez o gol de empate do Fluminense contra a Chapecoense

Após o apito final na Arena Condá , o meia Paulo Henrique Ganso se envolveu em uma discussão com alguns torcedores da Chapecoense . Enquanto dava entrevista, o jogador foi vaiado, xingado e recebeu até algumas cusparadas.

Leia também: Firmino supera Neymar e se torna o brasileiro mais caro do mundo

Ganso não gostou e respondeu mostrando o escudo da equipe carioca e pedindo mais. O autor do gol do Fluminense  no empate por 1 a 1 explicou o que aconteceu. 

“Os torcedores estavam cuspindo, xingando, acho que eles deveriam ter um pouco mais de respeito com o jogador. Ninguém pode fazer isso de cuspir com outro ser humano”, avisou o camisa 10 tricolor.

“Torcedor da Chapecoense tinha que ser muito grato por tudo que passou. Não deveriam fazer isso. Todo mundo se pronunciou e quis ajudar [depois do acidente]. Ao invés disso ficaram cuspindo e me chamando para briga. Infelizmente o torcedor é assim, o Brasil é assim. Depois eles ficam chateados. Deveriam é ter mais respeito com os outros”, continuou.

Leia também: Palmeiras anuncia a contratação de Ramires, ex-volante da seleção brasileira

Durante os 90 minutos, Ganso também discutiu com alguns jogadores da Chapecoense. O meia foi advertido com o cartão amarelo depois de um desentendimento com Everaldo.

“No primeiro tempo, quando eles fizeram o gol, o goleiro deles estava tranquilo, sem pressa. Depois que empatamos, ele queria correr atrás, mas isso é coisa normal do jogo”, comentou.

Com o resultado em Chapecó, o Fluminense chegou aos oito pontos e vai para a parada da Copa América uma posição acima da zona de rebaixamento, em 16°. Na próxima rodada, em julho, o Tricolor recebe o Ceará.

A Chapecoense também soma oito pontos, mas está no Z-4 devido aos critérios de desempate. O próximo compromisso é o Atlético/MG, em casa.