CEBOLA/CEPEA: Baixa oferta impulsiona cotações
http://www.urgentenews.com.br/wp-content/uploads/2018/01/3-8.jpg
Diárias de Mercado
eyJfb3JpZ2luYWxfdXJsIjoiaHR0cHM6XC9cL3d3dy5jZXBlYS5lc2FscS51c3AuYnJcL2JyXC9kaWFyaWFzLWRlLW1lcmNhZG9cL2NlYm9sYS1jZXBlYS1iYWl4YS1vZmVydGEtaW1wdWxzaW9uYS1jb3RhY29lcy5hc3B4IiwiX3dwX2NyYXdsZXJfc2NoZWR1bGVfb3JpZ2luYWxfbGluayI6Im5vIiwiX3dwX2NyYXdsZXJfc2NoZWR1bGVfb3JpZ2luX2xvZ28iOiIiLCJfd3BfY3Jhd2xlcl9zY2hlZHVsZV9vcmlnaW5fbG9nb19saW5rIjoiIiwiX3dwX2NyYXdsZXJfc2NoZWR1bGVfY2Fub25pY2FsX2xpbmsiOiJubyIsIl93cF9jcmF3bGVyX3NjaGVkdWxlX2ZvbnRlIjoiRm9udGU6IENFUEVBIn0=

Cepea, 12/06/2019 – As cotações da cebola subiram em Irecê (BA), devido à queda na oferta da região. Nas roças baianas, a qualidade da cebola é variada, já que parte dos bulbos ainda estão atingidos por bacterioses. A previsão é de redução significativa da oferta no Nordeste nas próximas semanas, visto o considerável índice de descarte das mercadorias colhidas nos períodos anteriores. Nesse cenário, entre 3 e 7 de junho, o preço ao produtor teve média de R$ 1,58, aumento de 26% frente à semana anterior. No Vale do São Francisco, por sua vez, o volume também é baixo, além do fato de grande parte das cebolas ser de calibre menor (caixa 2). As duas regiões devem continuar ofertando até meados de julho, com disponibilidade bastante reduzida. Fonte: Cepea/Hortifruti – www.hfbrasil.org.br