ARROZ/CEPEA: Preços caem no início do mês
http://www.urgentenews.com.br/wp-content/uploads/2018/01/4-8.jpg
Diárias de Mercado
eyJfb3JpZ2luYWxfdXJsIjoiaHR0cHM6XC9cL3d3dy5jZXBlYS5lc2FscS51c3AuYnJcL2JyXC9kaWFyaWFzLWRlLW1lcmNhZG9cL2Fycm96LWNlcGVhLXByZWNvcy1jYWVtLW5vLWluaWNpby1kby1tZXMuYXNweCIsIl93cF9jcmF3bGVyX3NjaGVkdWxlX29yaWdpbmFsX2xpbmsiOiJubyIsIl93cF9jcmF3bGVyX3NjaGVkdWxlX29yaWdpbl9sb2dvIjoiIiwiX3dwX2NyYXdsZXJfc2NoZWR1bGVfb3JpZ2luX2xvZ29fbGluayI6IiIsIl93cF9jcmF3bGVyX3NjaGVkdWxlX2Nhbm9uaWNhbF9saW5rIjoibm8iLCJfd3BfY3Jhd2xlcl9zY2hlZHVsZV9mb250ZSI6IkZvbnRlOiBDRVBFQSJ9

Cepea, 12/06/2019 – Orizicultores consultados pelo Cepea estiveram mais ativos na venda de arroz em casca nesta semana, devido aos compromissos bancários. Algumas beneficiadoras, por sua vez, não demonstraram interesse em renovar seus estoques, reduzindo os valores ofertados. Outras, entretanto, estão ausentes do mercado. Assim, entre 4 e 11 de junho, o Indicador ESALQ/SENAR-RS, 58% grãos inteiros, caiu 1%, a R$ 44,18/sc de 50 kg no dia 11. Quanto ao beneficiamento de arroz em casca, registra queda nos quatro primeiros meses de 2019, de acordo com dados do IBGE. Beneficiadoras consultadas pelo Cepea relatam “queda de braço” com os segmentos atacadistas e varejistas, devido à dificuldade em repassar os maiores custos de compra do arroz em casca. Com isto, acabam priorizando trabalhar com o cereal depositado em seus armazéns, em detrimento do produto livre. Além disso, indústrias relatam concorrência com o produto importado. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br