Mato Grosso realiza captação de múltiplos órgãos para doação
http://www.urgentenews.com.br/wp-content/uploads/thumbnail-for-356152.jpg
Mato Grosso
eyJfb3JpZ2luYWxfdXJsIjoiaHR0cDpcL1wvd3d3Lm10Lmdvdi5iclwvLVwvMTE5NTQ1NDItbWF0by1ncm9zc28tcmVhbGl6YS1jYXB0YWNhby1kZS1tdWx0aXBsb3Mtb3JnYW9zLXBhcmEtZG9hY2FvIiwiX3dwX2NyYXdsZXJfc2NoZWR1bGVfb3JpZ2luYWxfbGluayI6Im5vIiwiX3dwX2NyYXdsZXJfc2NoZWR1bGVfb3JpZ2luX2xvZ28iOiIiLCJfd3BfY3Jhd2xlcl9zY2hlZHVsZV9vcmlnaW5fbG9nb19saW5rIjoiIiwiX3dwX2NyYXdsZXJfc2NoZWR1bGVfY2Fub25pY2FsX2xpbmsiOiJubyIsIl93cF9jcmF3bGVyX3NjaGVkdWxlX2ZvbnRlIjoiRm9udGU6IEdPViBNVCJ9

Com o apoio da Central Estadual de Transplante da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), foi realizada, nesta sexta-feira (07.06), a captação de múltiplos órgãos coordenada por uma equipe de Mato Grosso – que passou por 10 anos de interrupção do serviço. Os servidores conduziram o procedimento no Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá (HPSMC).

Profissionais da Comissão Intra-hospitalar de Doação de Órgaos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT) do HPSMC mobilizaram-se desde o início da abertura do Protocolo de Morte Encefálica, o que possibilitou a captação em tempo hábil dos seguintes órgãos para doação: rins, fígado e córneas.

“Além de representar um grande feito para o Estado de Mato Grosso, a realização do procedimento de retirada dos órgãos de um doador simboliza o esforço de toda uma equipe que trabalha em prol do cidadão mato-grossense. Também é com muita satisfação que os servidores da Saúde se esforçam para retomar o procedimento de transplante de rim no Estado”, declarou o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo.

O retorno da captação local contou ainda com o apoio técnico de profissionais do Instituto de Cardiologia do Distrito Federal, que conduziram a retirada de fígado enquanto a equipe do Hospital Santa Rosa realizava a retirada dos rins. As córneas foram extraídas pela equipe do Banco de Olhos de Cuiabá.

“Assim, retomamos com a captação local, após vários anos de interrupção. Da mesma forma, o trabalho de avaliação e preparação dos pacientes com indicação de Transplante Renal também já teve início na unidade do Hospital Santa Rosa, tão logo já se tenha receptores aptos para receberem o enxerto, será possível realizar os transplantes renais no Estado”, explicou a Coordenadora Estadual de Transplantes da SES-MT, Fabiana Regina de Souza Molina.

O procedimento foi bem sucedido e os órgãos humanos coletados foram disponibilizados para a Central Nacional de Transplantes. De acordo com Molina, a equipe de transplante do Estado e o hospital credenciado já se encontram aptos para a tão esperada retomada do Transplante Renal em Mato Grosso.

Além do Sistema Estadual de Transplantes, estiveram envolvidos no procedimento o Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá, o MT Hemocentro, o Laboratório Imunogenética do Hospital Geral e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU)