Petrobras avança no processo de venda de ações da BR Distribuidora
http://www.urgentenews.com.br/wp-content/uploads/thumbnail-for-356063.jpg
Economia
eyJfb3JpZ2luYWxfdXJsIjoiaHR0cDpcL1wvZWNvbm9taWEuaWcuY29tLmJyXC9lbXByZXNhc1wvMjAxOS0wNi0wOFwvcGV0cm9icmFzLWF2YW5jYS1uby1wcm9jZXNzby1kZS12ZW5kYS1kZS1hY29lcy1kYS1ici1kaXN0cmlidWlkb3JhLmh0bWwiLCJfd3BfY3Jhd2xlcl9zY2hlZHVsZV9vcmlnaW5hbF9saW5rIjoieWVzIiwiX3dwX2NyYXdsZXJfc2NoZWR1bGVfb3JpZ2luX2xvZ28iOiJodHRwOlwvXC93d3cudXJnZW50ZW5ld3MuY29tLmJyXC93cC1jb250ZW50XC91cGxvYWRzXC8yMDE4XC8wMVwvbG9nby1pZy1mdy5wbmciLCJfd3BfY3Jhd2xlcl9zY2hlZHVsZV9vcmlnaW5fbG9nb19saW5rIjoiaHR0cHM6XC9cL3d3dy5pZy5jb20uYnJcLyIsIl93cF9jcmF3bGVyX3NjaGVkdWxlX2Nhbm9uaWNhbF9saW5rIjoieWVzIiwiX3dwX2NyYXdsZXJfc2NoZWR1bGVfZm9udGUiOiJGb250ZTogSUcgRUNPTk9NSUEifQ==

Petrobras
Divulgação

Companhia já solicitou à Anbima a análise prévia da oferta pública de ações da subsidiária

Após a decisão do Supremo Tribunal Federal ( STF ), que autorizou o governo a vender subsidiárias de estatais sem ter de ser aprovado pelo Legislativo, a Petrobras deu mais um passo para vender o controle da BR Distribuidora , sua subsidiária líder no mercado de distribuição de combustíveis.

Leia também: Reforma da Previdência: vai ganhar mais no INSS quem trabalhar mais tempo

Nesta sexta-feira (7), a Petrobras informou que solicitou à Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) a análise prévia da oferta pública de ações da BR Distribuidora.

No mês passado, o Conselho de Administração da petroleira aprovou a venda de ações da BR Distribuidora por meio de oferta pública secundária (folow-on). O objetivo é vender o controle da companhia, reduzindo a participação da estatal dos atuais 70% para cerca de 40%.

Em nota, a Petrobras explicou que o pedido de registro da oferta está em análise e, portanto, “a oferta somente terá início após a concessão dos devidos registros pela CVM .”

De acordo com a Petrobras, “não será realizado nenhum registro da oferta ou das ações em qualquer agência ou órgão regulador do mercado de capitais de qualquer outro país, exceto no Brasil, junto à CVM”.

A Petrobras destacou ainda que vai manter o mercado e seus acionistas informados sobre quaisquer fatos e decisões relevantes relativas à oferta.

Leia também: Presidente do BNDES não descarta moeda única entre Brasil e Argentina