Polícia Civil prende mulher com quase 4 quilos de droga
http://www.urgentenews.com.br/wp-content/uploads/thumbnail-for-347367.jpg
Policial
eyJfb3JpZ2luYWxfdXJsIjoiaHR0cDpcL1wvd3d3LnBqYy5tdC5nb3YuYnJcL25vdGljaWEucGhwP2lkPTIwMDM5IiwiX3dwX2NyYXdsZXJfc2NoZWR1bGVfb3JpZ2luYWxfbGluayI6Im5vIiwiX3dwX2NyYXdsZXJfc2NoZWR1bGVfb3JpZ2luX2xvZ28iOiIiLCJfd3BfY3Jhd2xlcl9zY2hlZHVsZV9vcmlnaW5fbG9nb19saW5rIjoiIiwiX3dwX2NyYXdsZXJfc2NoZWR1bGVfY2Fub25pY2FsX2xpbmsiOiJubyIsIl93cF9jcmF3bGVyX3NjaGVkdWxlX2ZvbnRlIjoiRm9udGU6IFBKQyBNVCJ9

Assessoria | PJC-MT

Uma mulher envolvida com o tráfico de drogas na região de fronteira foi presa pela Polícia Judiciária Civil, na noite de sexta-feira (24.05), após ser flagrada com quase quatro quilos de entorpecentes em Pontes e Lacerda (448 km a Oeste). A ação integra o trabalho investigativo de combate a criminalidade no município.

Laila Caroliny Silva Moura, 25, foi autuada em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. A suspeita possui condenação a oito anos de reclusão, decretada pela Comarca de Barra do Garças, pelo mesmo crime.

A suspeita vinha sendo investigada por participar de ações criminosas junto a seu esposo. Após informações que o casal estaria com certa quantidade de entorpecentes, os policiais civis foram até o endereço dos suspeitos, onde ao se aproximarem do imóvel Laila gritou para seu marido, o qual conseguiu correr e empreender fuga pelos fundos da casa, que da acesso para um terreno baldio. 

Durante buscas no local, foi localizada uma sacola branca com várias porções grandes e pequenas de maconha e pasta base de cocaína, uma balança de precisão, bem como uma arma de pressão possivelmente adaptada para calibre 22, entre outros materiais utilizados para traficância.     
  
Diante do flagrante, a suspeita foi conduzida à Delegacia de Pontes e Lacerda, interrogada e autuada em flagrante por tráfico de drogas. A arma de pressão apreendida será periciada e sendo confirmada a adaptação para o calibre 22, a presa responderá também por posse ilegal de arma de fogo.

As diligências continuam para localizar o esposo da suspeita, que conseguiu escapar do cerco policial.