Caixa vai liberar até R$ 4 bi para capital de giro das empresas de construção
http://www.urgentenews.com.br/wp-content/uploads/thumbnail-for-342507.jpg
Economia
eyJfb3JpZ2luYWxfdXJsIjoiaHR0cDpcL1wvZWNvbm9taWEuaWcuY29tLmJyXC8yMDE5LTA1LTE3XC9jYWl4YS12YWktbGliZXJhci1hdGUtci00LWJpLXBhcmEtY2FwaXRhbC1kZS1naXJvLWRhcy1lbXByZXNhcy1kZS1jb25zdHJ1Y2FvLmh0bWwiLCJfd3BfY3Jhd2xlcl9zY2hlZHVsZV9vcmlnaW5hbF9saW5rIjoieWVzIiwiX3dwX2NyYXdsZXJfc2NoZWR1bGVfb3JpZ2luX2xvZ28iOiJodHRwOlwvXC93d3cudXJnZW50ZW5ld3MuY29tLmJyXC93cC1jb250ZW50XC91cGxvYWRzXC8yMDE4XC8wMVwvbG9nby1pZy1mdy5wbmciLCJfd3BfY3Jhd2xlcl9zY2hlZHVsZV9vcmlnaW5fbG9nb19saW5rIjoiaHR0cHM6XC9cL3d3dy5pZy5jb20uYnJcLyIsIl93cF9jcmF3bGVyX3NjaGVkdWxlX2Nhbm9uaWNhbF9saW5rIjoieWVzIiwiX3dwX2NyYXdsZXJfc2NoZWR1bGVfZm9udGUiOiJGb250ZTogSUcgRUNPTk9NSUEifQ==

Prédios e imóveis
Agência Brasil

Programa Minha Casa, Minha Vida passará por ajustes


O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse que serão liberados de R$ 3 bilhões a R$ 4 bilhões por meio da linha de crédito para capital de giro para a construção civil. Guimarães informou que, desde fevereiro, o banco analisa R$ 7 bilhões em projetos. E que vai lançar um programa de larga escala de capital de giro para o setor, em especial para as construtoras menores, que ficam dois três meses sem receber.

Leia também: Presidente da Caixa garante que obras do Minha Casa Minha Vida continuam

“A Caixa já tem condições de começar a oferecer essa linha de capital de giro. Algo que seja suplementar, para começar a tocar a obra” – afirmou ao participar do 91°Encontro Nacional da Indústria de Construção, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.

De acordo com o presidente da Caixa, não existe nenhuma possibilidade de o programa habitacional para famílias de baixa renda, o Minha Casa Minha Vida , parar no governo de Jair Bolsonaro .

Leia também: Caixa vai avaliar capacidade de pagar contas para conceder Minha Casa Minha Vida

“Ele (o programa) vai ser revisto, depois de o setor ser ouvido. E esse ajuste é importante. A Caixa teve 70 mil imóveis devolvidos ano passado e perdemos R$ 2,8 bilhões. Isso não é normal. Temos que melhorar a parte operacional. Verificamos que há pessoas que não estão na linha adequada para sua capacidade de pagamento. Vamos continuar com o maior veículo de financiamento habitacional do país. Sem dúvidas”, disse