Câmara aprecia dois projetos do Executivo
http://www.urgentenews.com.br/wp-content/uploads/thumbnail-for-340345.jpg
Política Cuiabá
eyJfb3JpZ2luYWxfdXJsIjoiaHR0cDpcL1wvd3d3LmNhbWFyYWN1aWFiYS5tdC5nb3YuYnJcL25vdGljaWEucGhwP2lkPTkyODQiLCJfd3BfY3Jhd2xlcl9zY2hlZHVsZV9vcmlnaW5hbF9saW5rIjoibm8iLCJfd3BfY3Jhd2xlcl9zY2hlZHVsZV9vcmlnaW5fbG9nbyI6IiIsIl93cF9jcmF3bGVyX3NjaGVkdWxlX29yaWdpbl9sb2dvX2xpbmsiOiIiLCJfd3BfY3Jhd2xlcl9zY2hlZHVsZV9jYW5vbmljYWxfbGluayI6Im5vIiwiX3dwX2NyYXdsZXJfc2NoZWR1bGVfZm9udGUiOiJGb250ZTogQ1x1MDBlMm1hcmEgZGUgQ3VpYWJcdTAwZTEgTVQifQ==
Dois projetos de leis foram aprovados pela Câmara Municipal de Cuiabá durante sessão ordinária desta terça-feira (14). O primeiro refere-se à regulamentação salarial dos profissionais da área de regulação e fiscalização do município.
A outra, por sua vez, autoriza o Executivo Municipal realizar concurso público no âmbito da Secretaria de Bem Estar Social. A medida atende a uma medida do Tribunal de Contas do Estado (TCE). No total, serão disponibilizadas 400 vagas, sendo 4 para terapeuta ocupacional, 14 educador físico, 38 psicólogo, 40 pedagogo, 43 assistente social, 4 nutricionistas, 153 orientadores sociais e 102 cuidadores.
Ambas as mensagens estavam sob a análise do vereador Abílio Junior (PSC), que pediu vistas dos processos na semana passada para melhor análise.
Nesta terça, as matérias foram apreciadas em fase de parecer e ainda retornarão a pauta de votação para votação final. No total, as propostas receberam 21 votos a favor e dois contra dos vereadores Abílio e Diego Guimarães (PP).
Kamila Arruda – Câmara Municipal de Cuiabá

Imprimir Voltar Compartilhar: