Lutador de Kickboxing morre por traumatismo craniano após evento em SP
http://www.urgentenews.com.br/wp-content/uploads/thumbnail-for-296255.jpg
Esportes
eyJfb3JpZ2luYWxfdXJsIjoiaHR0cDpcL1wvZXNwb3J0ZS5pZy5jb20uYnJcL21haXNlc3BvcnRlc1wvMjAxOS0wMi0xMlwvbHV0YWRvci1kZS1raWNrYm94aW5nLW1vcnJlLmh0bWwiLCJfd3BfY3Jhd2xlcl9zY2hlZHVsZV9vcmlnaW5hbF9saW5rIjoibm8iLCJfd3BfY3Jhd2xlcl9zY2hlZHVsZV9vcmlnaW5fbG9nbyI6Imh0dHA6XC9cL3d3dy51cmdlbnRlbmV3cy5jb20uYnJcL3dwLWNvbnRlbnRcL3VwbG9hZHNcLzIwMThcLzAxXC9sb2dvLWlnLWZ3LnBuZyIsIl93cF9jcmF3bGVyX3NjaGVkdWxlX29yaWdpbl9sb2dvX2xpbmsiOiJodHRwczpcL1wvd3d3LmlnLmNvbS5iclwvIiwiX3dwX2NyYXdsZXJfc2NoZWR1bGVfY2Fub25pY2FsX2xpbmsiOiJ5ZXMiLCJfd3BfY3Jhd2xlcl9zY2hlZHVsZV9mb250ZSI6IklHIEVTUE9SVEUifQ==

Rafael Beiton, lutador de Kickboxing do Recife, faleceu após passar mal em evento em Mogi das Cruzes
Reprodução/ Facebook

Rafael Beiton, lutador de Kickboxing do Recife, faleceu após passar mal em evento em Mogi das Cruzes

Na noite desta segunda-feira (11) o lutador de kickboxing, Rafael Beiton da Silva, de 31 anos, faleceu por traumatismo cranioencefálico após disputar um campeonato em Mogi das Cruzes, São Paulo.

Leia também:  Floyd Mayweather diz que está negociando com o UFC por 1 trilhão de dólares

Natural do Recife, o lutador de Kickboxing passou mal depois de sua quarta luta no domingo e foi levado ao Hospital Luzia de Pinho Melo, onde foi constatado o traumatismo. Ele passou por uma cirurgia, mas não resistiu, falecendo as 21h30 desta segunda-feira

Segundo relatos dos familiares de Rafael que estavam presentes no Ichiban Kickboxing, houve negligência dos organizadores do evento.

“Antes da quarta luta, soubemos que ele estava com o nariz quebrado e com dificuldade na fala. Um amigo o alertou que ele não tinha condições de seguir adiante, mas ele falou que ia lutar. Depois da luta ele foi encontrado desacordado no vestiário e socorrido”, relatou Michelle de Assunção, prima de Rafael.

Leia também:  Liverpool anuncia jogo beneficente em prol de torcedor agredido por ultras

“Não acreditamos que tenha sido negligência no socorro médico , mas sim do campeonato. Rafael fez duas lutas no sábado e duas no domingo. Contaram à minha prima que ele lutou sem proteção na cabeça. A competição não pode deixar um atleta lutar por livre e espontânea vontade, e sem proteção. Ele se entregava mesmo ao esporte e sempre queria vencer”, disse em entrevista ao site JC online .

O kickboxing é um conjunto de artes marciais e esportes de combate em pé baseados em chutes e socos, mas também para um estilo de arte marcial e desporto de combate.

O evento Ichiban Kickboxing é respeitado em todo o país. Organizado pela Confederação Brasileira de Kickboxing , o evento de Mogi das Cruzes teve 200 lutadores inscritos para disputar vagas para os próximos campeonatos organizados pela CBKb, além de uma oportunidade de lutar na Holanda.

Leia também:  Goleiro Bruno comete falta grave na prisão e não poderá sair antes de 2023

Em comunicado oficial, os organizadores disseram que “No momento estamos ao lado da família auxiliando os trâmites para fazer a transferência para Recife onde será o velório e sepultamento no cemitério Santo Amaro”. Rafael também era professor de Kickboxing , era casado e deixa três filhos.