Banheiros pequenos: como otimizar?
http://www.urgentenews.com.br/wp-content/uploads/thumbnail-for-295461.jpg
Mulher
eyJfb3JpZ2luYWxfdXJsIjoiaHR0cDpcL1wvZGVsYXMuaWcuY29tLmJyXC9jb2x1bmFzXC9kZW50cm8tZGUtY2FzYVwvMjAxOS0wMi0xMFwvYmFuaGVpcm8tcGVxdWVuby1jb21vLW90aW1pemFyLWVzc2UtZXNwYWNvLmh0bWwiLCJfd3BfY3Jhd2xlcl9zY2hlZHVsZV9vcmlnaW5hbF9saW5rIjoieWVzIiwiX3dwX2NyYXdsZXJfc2NoZWR1bGVfb3JpZ2luX2xvZ28iOiJodHRwOlwvXC93d3cudXJnZW50ZW5ld3MuY29tLmJyXC93cC1jb250ZW50XC91cGxvYWRzXC8yMDE4XC8wMVwvbG9nby1pZy1mdy5wbmciLCJfd3BfY3Jhd2xlcl9zY2hlZHVsZV9vcmlnaW5fbG9nb19saW5rIjoiaHR0cHM6XC9cL3d3dy5pZy5jb20uYnJcLyIsIl93cF9jcmF3bGVyX3NjaGVkdWxlX2Nhbm9uaWNhbF9saW5rIjoieWVzIiwiX3dwX2NyYXdsZXJfc2NoZWR1bGVfZm9udGUiOiJGb250ZTogSUcgTXVsaGVyIn0=

A metragem dos apartamentos encolheu acompanhando a tendência do mercado – aumento do número de pessoas que optam em morar sozinhas. As vantagens desse tipo de espaço são economia (IPTU e condomínio), praticidade no seu dia-a-dia e mobilidade – geralmente localizados nos grandes centros urbanos, próximos as facilidades do transporte público, comércio e serviços. Um dos maiores desafios é a otimização dos espaços para que tudo fique funcional. A partir de deste post, a coluna Dentro de Casa trará uma  sequência de dicas com o intuito do melhor aproveitamento dos espaços, sem que você abandone os itens essenciais para a sua rotina.

Banheiro – um espaço “esquecido” da decoração?

Ambiente antigamente pouco explorado, hoje é considerado essencial na composição de um projeto de interiores: seja na substituição de materiais ou para melhorar a disposição dos acessórios e móveis. Acredite, qualquer mudança fará uma grande diferença. Confira a seguir algumas dicas para sua otimização.

Acesso – Em vez da tradicional porta de abrir, pode-se optar ou pela porta de correr ou pela porta camarão, também conhecida como articulada. Ambas são ótimas opções pois não consomem espaço no seu grau de abertura, beneficiando a otimização interna. Alguns pontos pesam contra: não possuir uma vedação completa, possibilitando passagem de ruídos, ventos e odores pelas suas frestas e o desgaste maior das ferragens, demandando maior manutenção.

Box – Item essencial e com diversas alternativas de materiais no mercado – tecido, acrílico, PVC, vidro – a depender de disponibilidade financeira. A opção preferível na busca da leveza é o box de vidro. Dentro desta categoria, os melhores custos-benefícios são as opções com portas de abrir ou de correr. Quer priorizar uma abertura confortável? Informe-se com um especialista sobre o box articulado ou sanfonado de vidro, que funciona como uma espécie de porta camarão.

Nichos embutidos – Se no seu imóvel as paredes podem sofrer algum tipo de interferência, execute aberturas com o intuito de embutir nichos e abuse deste artifício. Dentro do box esse tipo de nicho traz mais conforto durante o banho (nunca mais você irá esbarrar no porta-shampoo que teimará em cair ao longo do tempo).

Fora do box, há duas opções de uso: a primeira, para ganhar espaço interno dentro de algum armário ou nicho; e a segunda, para embutir acessórios como porta-toalhas e ganchos, deixando a área de passagem mais livre e confortável.


Nicho embutido na alvenaria
Cumbuca Estúdio

Nicho embutido na alvenaria

Paredes – Aproveite ao máximo as paredes disponíveis – instale nichos, prateleiras e acessórios. Confira se a profundidade dos itens a instalar não afetará o espaço de passagem e atente-se às quinas para que não ocorra acidentes domésticos.

Gabinete – Existem diversas opções e, claramente, a melhor será a que se adequará ao seu perfil.

1.       Gabinete com portas de abrir ou correr: excelente alternativa para quem gosta de aproveitamento total do espaço, uma vez que internamente você utilizará da forma que desejar, inclusive com acessórios como aramados, caixas ou, simplesmente, deixar livre.

2.       Gabinete com gavetas: para quem gosta de visualizar os itens “por cima”, sem ter a necessidade de abaixar para verificar os itens do seu armário.

3.       Nicho aberto ou prateleiras: se você é uma pessoa extremamente organizada, essa é melhor opção, pois economiza-se em material e ganha-se alguns centímetros antes destinados a espessura das portas e ferragens. Abuse de caixas organizadoras, ótimo recurso para explorar a decoração.

Acima da pia – Relembre o banheiro da casa dos seus avós. Consegue visualizar um módulo acima do gabinete, composto por um armário embutido com espelho e já com espaço destinado à escova de dentes? Esse conceito voltou mais moderno e atualizado, excelente escolha para que deseja mais aproveitamento do espaço. Normalmente, sua instalação inicia-se à 30cm da bancada (depende da altura da sua torneira), possui profundidade de 12cm (margem de segurança para você não bater a cabeça) e sua altura dependerá da composição desejada, podendo ir até o teto.

Quer charme? Que tal embutir uma fita Led, auxiliando na iluminação do ambiente? Internamente, distribua diversas prateleiras para itens como desodorante, algodão, entre outros itens de higiene pessoal. Caso seu vaso sanitário possua caixa acoplada, essa profundidade é preciosa para estender esse conceito, aproveitando mais ainda o espaço.


Armário superior com espelho
Your Beautiful Home

Armário superior com espelho

Acessórios – Muitas vezes os banheiros pequenos não possuem espaços adequados para os acessórios essenciais, como porta papel higiênico. Uma opção é integrá-lo diretamente na lateral da marcenaria ou utilizar um acessório de piso, facilitando a movimentação para limpeza.

Dicas da Helô: alguns artifícios visuais auxiliam na sensação de amplitude do espaço: utilize tons claros nas superfícies como pia, parede e piso; use e abuse de espelhos, desde que as cores utilizadas não sejam escuras (cuidado com o efeito contrário); utilize o teto para pendurar acessórios que comportem pequenos objetos (exemplo: composição de redinhas ou aramados) e priorize sempre a organização: se não couber um espaço para um cesto de roupas suja, pense em outro local da casa. Lembre-se: o foco é seu bem-estar e conforto.

Leia mais:

Qual tipo de vidro usar? Clique aqui