Ulysses Moraes destaca degradação no trecho da MT-100

6

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

A MT-100, que liga a cidade de Pontal do Araguaia (486 km) e Torixoréu (577 km), teve suas obras de recuperação iniciadas ainda em 2018. A promessa feita pelo governo do estado de Mato Grosso é de que seriam asfaltados de forma emergencial os 25 km mais críticos da via e que, posteriormente, totalizaria seus pouco mais de 91 km em apenas um ano. Na época, conjuntamente, seriam implantados contornos para as entradas das cidades de Alto Taquari e Alto Araguaia, somando mais 20 km de obras. Mas, em visita feita pelo deputado Ulysses Moraes, no dia 25 de dezembro de 2019, constatou-se que a rodovia está abandonada.

“Estive literalmente dentro de um buraco no meio da rodovia. Este trecho já foi promessa de diversos governadores e hoje está intransitável. Espero que não seja preciso ocorrer mortes para que algo seja feito, são apenas 14 km sem a mínima condição de trafegar. Não é um favor para mim, e sim para a população de todo o Vale do Araguaia. É inaceitável uma rota de escoamento estar nestas condições”, esclareceu Ulysses Moraes.

Recentemente, o governo anunciou a pretensão de promover a concessão de 1300 km de rodovias do estado para a iniciativa privada, entre elas mais de 250 km da MT-100; outros trechos da via serão leiloados para garantir 100% da pavimentação, reduzindo a distância de entrega da produção.

A MT-100 é uma das principais rotas de escoamento de grãos do estado, e sua interrupção pode acarretar prejuízos de mais de 1 bilhão da produção de Mato Grosso.

Fonte: ALMT