Fábrica do Samba sedia lançamento do CD do Carnaval 2020

26
source

A Liga das Escolas de Samba lançou, neste sábado (7), o CD do Carnaval 2020 na Fábrica do Samba, localizada no Bom Retiro, na região Central. Fazem parte do álbum os sambas-enredo das 14 agremiações do Grupo Especial. Na gravação de cada faixa as escolas utilizaram suas próprias baterias, além de um coral composto por 60 integrantes das comunidades.

A produção foi realizada entre os meses de setembro e outubro. As vozes dos intérpretes principais foram gravadas posteriormente, em estúdio. Pelo terceiro ano consecutivo, o disco será comercializado em lojas físicas e em plataformas digitais.

A apresentação contou como um mini desfile, com a participação de componentes das 34 agremiações dos grupos Especial, acesso 1 e 2 para o público.

Sobre a Fábrica do Samba

A Fábrica do Samba é composta por três blocos (A, B e C), totalizando 14 galpões. O Bloco C, formado por sete galpões, está com 78% do total concluído. Os blocos A e B, que totalizam os outros sete galpões, foram entregues no final de 2016.

Em outubro a Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras (SIURB) apresentou à Caixa a documentação complementar para autorização do lançamento do edital de licitação para conclusão das obras do Bloco C. A documentação foi aprovada em 21 de novembro. No momento, a SIURB está adequando o edital aos padrões da Caixa. Após contratadas, as obras, com valor de R$ 40 milhões, devem se estender por 12 meses.

A nova licitação irá contemplar os acabamentos do Bloco C (fiação, equipamentos de hidráulica, pintura, revestimentos e sistemas de segurança) paisagismo, passeios e gradis.

No total, desde 2010, já foram investidos nas obras da Fábrica do Samba mais de R$ 183, 3 milhões, sendo R$ 113,3 milhões pelo Tesouro Municipal, R$ 29, 9 pelo Fundo Municipal de Desenvolvimento Urbano (FUMDURB) e R$ 40 milhões provenientes do Governo Federal, por meio do Ministério do Turismo.

Investimentos da Prefeitura para a realização dos desfiles de carnaval

Além de garantir a infraestrutura para as apresentações no Sambódromo, no Anhembi, a Prefeitura dá apoio institucional ao carnaval (R$ 42 milhões) por meio de cachês artísticos, premiações, equipamentos, serviços, equipes técnicas e operacionais. A previsão de investimento na infraestrutura do sambódromo em 2020 é de R$ 6,3 milhões.

As escolas do Grupo Especial:

– Acadêmicos do Tatuapé,
– Águia de Ouro;
– Barroca Zona Sul;
– Colorado do Brás,
– Dragões da Real;
– Gaviões da Fiel;
– Império da Casa Verde;
– Mancha Verde;
– Mocidade Alegre;
– Pérola Negra;
– Rosas de Ouro;
– Tom Maior;
– Unidos da Vila Maria;
– X-9 Paulistana;

Fonte: Prefeitura Municipal de São Paulo