Projetos “Jovens Promissores” e “PIA da 2ª Vice” formam jovens e crianças

9

Projetos “Jovens Promissores” e “PIA da 2ª Vice” formam jovens e crianças
Iniciativas atendem jovens acolhidos e desenvolvem a autonomia dos participantes
Qui, 05 Dez 2019 18:40:53 -0300

Em 2019, 75 jovens e crianças acolhidos participaram dos Projetos “Jovens Promissores” e “PIA da 2ª Vice”, desenvolvidos pelo Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR). A ações buscam desenvolver a autonomia dos participantes. O encerramento dos trabalhos anuais aconteceu na quarta-feira (4/12), no auditório do Tribunal Pleno, com a realização de uma cerimônia de formatura.

O 2º Vice-Presidente do TJPR destacou a importância da união de diferentes agentes para o desenvolvimento dos projetos. “Hoje, celebramos a formatura de integrantes de dois projetos que visam a autonomia dos indivíduos para enfrentar as dificuldades da natureza humana e os problemas da sua existência na sociedade”, disse o Desembargador. Ele destacou que o trabalho é feito em parceria com diversos agentes público como a Marinha, Aeronáutica, Polícia Militar, Polícia Civil, a Procuradoria do Estado, o Executivo Estadual e vários Municípios, “todos com o objetivo de fomentar e promover a cidadania”.

Durante o evento, os jovens formandos assistiram a vídeos motivacionais e de retrospectiva das atividades realizadas durante o ano. Os profissionais e empresas que colaboraram de forma voluntária com as capacitações e práticas realizadas pelos projetos também receberam homenagens. Ao todo, 26 certificados do “Selo Acolhedor de Responsabilidade Social” foram entregues a eles pelo trabalho desenvolvido.

Prestigiaram o evento, compondo a mesa de autoridades: a representante do Governo Estadual, Dra. Letícia Ferreira da Silva; o representante da Polícia Militar do Paraná, Tenente Coronel Samir Wassouf; o representante do Comando da 5ª Região Militar, Coronel Glauco Alves; a representante do Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo, a 1ª Tenente Karla Marinaska; o representante do Ministério Público, Dr. Régis Rogerio Vicente Sartori; o Defensor Público Geral, Dr. Eduardo Pião Ortiz Abraão, e o Presidente da Fundação de Ação Social, Thiago Kronitt Ferro – todos parceiros dos projetos.

Sobre o Jovens Promissores

O programa atende adolescentes de 14 a 18 anos, destinatários de medida protetiva de acolhimento institucional, medida socioeducativa ou em situação de vulnerabilidade social. O objetivo da iniciativa é oferecer oportunidades para o desenvolvimento da autonomia dos participantes, preparando-os para o início da vida adulta. 

As ações são divididas em duas etapas: a primeira de formação e a segunda de encaminhamentos individualizados. Em ambas, o estabelecimento de parcerias com os setores público e privado é fundamental. A concretização do projeto é possível graças ao diálogo constante com as equipes técnicas das Unidades de Acolhimento Institucional.

Em 2019, os jovens visitaram o 13º Batalhão de Infantaria Blindada do Exército Brasileiro, o Estádio Couto Pereira, a Arena da Baixada e a multinacional Bosch. Eles também conheceram a Força Aérea Brasileira, o Corpo de Bombeiros, a Cavalaria e a Academia de Polícia Militar do Guatupê.

Sobre o PIA da 2ª Vice

O PIA da 2ª Vice (Projeto de Incentivo à Autonomia) foi idealizado para atender crianças e adolescentes destinatários de medida protetiva de acolhimento institucional, na faixa etária de 7 a 14 anos, bem como os profissionais que atuam nas referidas instituições, especialmente, educadores sociais e cuidadores. A ideia é estender àqueles que nas instituições ocupam o papel mais próximo ao dos pais os ensinamentos que serão fornecidos aos acolhidos, conferindo, assim, uma solução de validação, continuidade e auto sustentação do projeto dentro das unidades.

Pautado na necessidade de desenvolvimento integral dos acolhidos e de preparação gradativa para o desligamento da instituição, o PIA da 2ª Vice possui uma programação voltada ao desenvolvimento da autonomia do público infanto-juvenil, valorizando o enfoque emocional. O objetivo é oferecer aos participantes ferramentas adequadas para viabilizar o fortalecimento dos acolhidos de forma a estimulá-los a buscarem o crescimento pessoal.

Neste ano, os participantes participaram de atividades no Jardim Botânico, no Mercado Municipal, no Museu da Vida, entre outros. As crianças também foram convidadas para o projeto “Uma noite no MON”, do Museu Oscar Niemeyer.

Saiba mais no site: www.tjpr.jus.br/programas-e-projetos-2-vice 

Fonte: Tribunal de Justiça do Paraná