NOVEMBRO AZUL CHAMA O CUIDADO PARA O HOMEM

11

O Novembro Azul teve origem em 2003, na Austrália, com o objetivo de chamar a atenção para a prevenção e o diagnóstico precoce de doenças que atingem a população masculina.
Trata-se de um movimento mundial que acontece durante o mês de novembro para reforçar a importância da prevenção, que chama a atenção para o diagnóstico precoce do câncer de próstata e também para a saúde do homem de forma global.
Quais são os sinais e sintomas?
Na fase inicial, o câncer de próstata pode não apresentar sintomas, e quando apresenta, os mais comuns são:
– dificuldade de urinar;
– demora em começar e terminar de urinar;
– sangue na urina;
– diminuição do jato de urina;
– necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite.
Se você tem alguns desses sintomas, procure a unidade de saúde!
Quais exames são utilizados para investigar o câncer de próstata?
– Exame de toque retal: O médico avalia o tamanho, forma e textura da próstata, introduzindo o dedo protegido por uma luva lubrificada no reto. Este exame permite palpar as partes posterior e lateral da próstata.
– Exame de PSA: É um exame de sangue que mede a quantidade de uma proteína produzida pela próstata – Antígeno Prostático Específico (PSA). Níveis altos dessa proteína podem significar câncer, mas também doenças benignas da próstata.
Qual exame confirma o câncer de próstata?
Para confirmar a doença é preciso fazer uma biópsia. Nesse exame são retirados pedaços muito pequenos da próstata para serem analisados no laboratório. A biópsia é indicada caso seja encontrada alguma alteração no exame de PSA ou no toque retal.
De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) recomenda-se que os homens a partir da puberdade devem procurar um profissional especializado, para avaliação individualizada. O início da avaliação do risco de câncer da próstata começa aos 50 anos e, naqueles da raça negra, obesos mórbidos ou com parentes de primeiro grau com câncer de próstata devem começar aos 45 anos. Os exames deverão ser realizados após uma análise dos fatores de risco pelo urologista e ampla discussão de riscos e potenciais benefícios, em decisão compartilhada com o paciente. Após os 75 anos, poderá ser realizado apenas para aqueles com expectativa de vida acima de dez anos.
O Ministério da Saúde sugere que as ações de prevenção aconteçam durante todo o ano e evidencia que profissionais da atenção básica são fundamentais como o primeiro contato da população com o sistema de saúde e devem estar capacitados e alertas para identificar os principais sinais e sintomas da doença e providenciar o encaminhamento para confirmação diagnóstica.
LEMBRE-SE QUE CUIDAR DE SI TAMBÉM É COISA DE HOMEM.
E para evidenciar esse cuidado as Equipes do Centro e USF MT, localizadas na Av. Mato Grosso, estarão neste dia 14 (quinta-feira) realizando o “Dia do Homem” no horário das 17h30min às 22hs. Serão disponibilizadas cerca de 15 fichas para avaliação médica de homens, preferencialmente acima de 40 anos, e solicitação de exames, teste rápido e PSA, além de palestra de conscientização em sala de espera.