Polícia Civil desmantela associação criminosa que realizava roubos na Grande Vitória e no interior do Estado

3
source

Nessa quinta-feira (07), a equipe do Departamento de Investigações Criminais (Deic), com apoio da Delegacia de Segurança Patrimonial (DSP) e Delegacia Especializada em Crimes contra Estabelecimento Comerciais (DECCEC), cumpriu um mandado de prisão temporária contra A.S.S., de 49 anos. O ex-agente penitenciário é o quarto suspeito de integrar uma associação criminosa que realizava roubos em municípios da Grande Vitória e no interior do Estado. A prisão foi realizada na residência do suspeito, no bairro Santana, em Cariacica.

Além do detido, A.A.D., de 22 anos, B.B.A., de 30 anos e T.G., de 27 anos, outros três membros da associação foram presos na última semana. Segundo o titular do Deic, delegado Gianno Trindade, os suspeitos atuavam com o mesmo modus operandi. “Para adentrar nas residências, os autores se identificavam como policiais civis aos moradores. Em um dos fatos, eles, inclusive, chegaram a usar uma camisa com inscrições da Polícia Civil, fazendo com que os próprios moradores permitissem a entrada do grupo em suas casas”, informou o delegado.

Até o momento, o grupo foi identificado como autor de três roubos, sendo um em sítio, em Santa Leopoldina; outro em uma residência de Santa Inês, em Vila Velha; e o terceiro em Castelo Branco, Cariacica, no último dia 28. As investigações foram iniciadas pela Deic imediatamente após o registro do primeiro roubo. “Nós não descartamos a participação de outros indivíduos nas ações e identificamos que a associação atua também em roubos de comércios e cargas”, explicou Gianno Trindade.

Ainda de acordo com o delegado, por ser um ex-agente penitenciário, A.S.S. tem conhecimentos de alguns procedimentos policiais que auxiliavam no planejamento e efetuação do crime. “Por isso, ele era o responsável por articular as ações do grupo. Vítimas relatam que o detido agia com requintes de violência, como o caso do roubo em Santa Inês, no qual uma vítima declara que ele usou uma gravata para imobilizá-la. Em Castelo Branco, a vítima afirma que foi agredida com um soco no olho e uma arma foi apontada contra uma criança de nove anos”, relatou.

A.S.S. confessou a participação no roubo do dia 28 de outubro, no entanto, nega o envolvimento nos demais crimes. Os membros do grupo respondem por roubo majorado e associação criminosa. Eles foram encaminhados para o Sistema Prisional do Estado.

Assessoria de Comunicação Polícia Civil

Comunicação Interna – (27) 3137-9024

imprensa.pc@pc.es.gov.br

Atendimento à Imprensa

Olga Samara – (27) 3636-1536/ (27) 99846-1111

comunicapces@gmail.com

Camila Ferreira – (27) 3636-9928 / (27) 99297-8693

comunicapces@gmail.com

Fonte: Polícia Civil ES