Festa Literária promove diversas ações culturais gratuitas

6

Escrita feminina, literatura afro-indígena e livro ilustrado são os temas macro escolhidos para inaugurar a I Festa Literária do Cotidiano Leitor. Serão três dias de evento, de 15 a 17 de novembro, no Museu Oscar Niemeyer, com uma série de experiências literárias. Entre elas, uma feira do livro, oficinas, workshop, exposições, sarau literário, leitura de poemas, narração de histórias, performance, roda de leitura e diálogos com autores e ilustradores premiados e reconhecidos internacionalmente. Todas as atividades são gratuitas.

Marina Colasanti, uma das mais premiadas escritoras brasileiras e detentora de vários prêmios Jabutis, e a poeta, atriz, jornalista e cantora Elisa Lucinda, com diversos livros publicados e atuação no teatro cinema e televisão, estão entre os destaques no primeiro dia de evento, 15 (sexta-feira). A partir das 16h, no Auditório Poty Lazzarotto, elas participam da roda de conversa Escrita Feminina: lugar de escuta e lugar de fala.

No dia 16, a roda de conversa será com os premiados ilustradores Odilon Moraes e Roger Mello, com a temática “Discursos da imagem na Literatura Infantil brasileira. Para o domingo (17), os convidados Daniel Munduruku e Cidinha da Silva falam sobre Literatura Afro-brasileira e Indígena. Daniel é filho do povo indígena Munduruku e como educador social e ativista ministra palestras e seminários destacando o papel da cultura indígena na formação da sociedade brasileira. Cidinha possui forte engajamento com a causa negra e com questões ligadas às relações de gênero.

A Festa Literária é uma realização do Governo do Paraná, por meio da Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura, com produção-executiva do Instituto Dom Miguel e apoio de prefeituras. O evento faz parte do Projeto Cotidiano Leitor, com atividades baseadas no Plano Estadual do Livro, Leitura e Literatura (PELLL), que busca promover a democratização do acesso ao livro, estimular o interesse por narrativas literárias e formar uma sociedade leitora.

OUTROS DESTAQUES – Entre as diversas ações culturais programadas, estão as exposições de fanzine e de tapetes de autoria de alunos dos Centros de Socioeducação (Censes). Administrados pela Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, os Censes recebem os adolescentes em conflito com a lei que cumprem medidas socioeducativas. Eles desenvolvem atividades educacionais e têm ações de qualificação profissional.

Também faz parte da programação o workshop Escrita Independente em tempos de internet e diversas oficinas – Confecção de Personagens de papel; Ilustração para adultos; Origami; Criação de Personagens; Educação Inclusiva e Literatura Infantil Juvenil; Música; Pintura e Ilustração; Bonecas Abayomi; Criação Literária; e Autoedição.

CERTIFICADO – Interessados em receber certificado de participação para as rodas de conversa do evento, que pode contar como horas complementares, podem requerer o documento por meio do formulário disponível no link http://bit.ly/certificado_festaliteraria.

Serviço
Festa Literária do Projeto Cotidiano Leitor
Dias: 15, 16 e 17 de novembro de 2019
Horário: das 10h às 18h
Local: Museu Oscar Niemeyer
Rua Mal. Hermes, 999 – Centro Cívico – Curitiba

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

Fonte: Governo do Paraná