3ª edição do Parlamento Jovem fará nova dinâmica nesta quinta

1

3ª edição do Parlamento Jovem
fará nova dinâmica nesta quinta

  • Essa é a terceira turma do Parlamento Jovem, que simulará a rotina dos vereadores de Curitiba. (Foto: Carlos Costa/CMC)

A Câmara Municipal de Curitiba (CMC) realiza, nesta quinta-feira (7), nova dinâmica envolvendo os alunos que participam da 3ª edição do Parlamento Jovem, uma parceria entre a Escola do Legislativo da CMC e o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR). O programa simula a rotina das atividades parlamentares e oferece aos vereadores mirins a possibilidade de reproduzir a configuração do Legislativo Municipal com apresentação, discussão, debate e votação de projetos de lei fictícios.

As atividades práticas começaram no dia 20 de setembro, quando foram escolhidos os integrantes da Mesa. Para a presidência foi escolhida Beatriz Gomes; para a 1ª vice-presidência, João Pedro Guimarães Lins; para a 2ª vice-presidência, Antonia Pinotti von Hartenthal; para o 1º secretariado, Maria Eduarda Spake; para o 2º secretariado, Isabela Cury Marques; para o 3º secretariado, Leilane Sanches Zamboni; e para o 4º secretariado, Alisson Felipe da Cruz (leia mais).

No segundo encontro, o presidente da Escola do Legislativo e segundo-secretário da CMC, Professor Euler (PSD), fez alguns esclarecimentos sobre como se procedem os trabalhos parlamentares. Ele explicou, por exemplo, todos os trâmites pelos quais um projeto passa desde sua elaboração até sua eventual sanção. Ele também comentou sobre a Comissão de Participação Legislativa que tem a prerrogativa de receber os projetos de iniciativa popular (que devem ter a adesão de 5% do eleitorado). Para Euler, que é o presidente desse colegiado, é muito difícil conseguir os 5% de assinaturas, o que explica o baixo número de propostas dessa natureza (leia mais).

Os alunos se distribuíram nas seguintes comissões simuladas: Comissão de Constituição e Justiça; Comissão de Saúde, Bem Estar Social e Esporte; Comissão de Educação, Cultura e Turismo; Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Assuntos Metropolitanos; Comissão de Direitos Humanos, Defesa da Cidadania e Segurança Pública; Comissão de Urbanismo, Obras Públicas e Tecnologias da Informação; e Comissão de Acessibilidade e Direitos da Pessoa com Deficiência. Agora, os projetos elaborados por eles, irão passar pelo crivo dessas comissões simuladas antes de irem a plenário.

Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.

  • Fotos:
Voltar
Fonte: Câmara Municipal de Curitiba - PR