É verdade que estalar o corpo faz mal? Saiba quando há riscos e como evitá-los

12

Você é viciado em estalar os dedos? Consegue fazer isso com o pescoço para “relaxar”? Independente da parte do corpo, quando o assunto é provocar estalos para o alívio de qualquer tensão, não faltam alertas. Risco de artrose, perda de movimentos e possibilidade de “engrossar” as articulações são alguns dos mitos que rondam o hábito. 

Leia mais: Estalos, zumbidos e dores de cabeça são sinais de disfunção da ATM; entenda

estalar o corpo arrow-options
shutterstock

Quiropraxista explica em quais situações estalar qualquer parte do corpo pode ser prejudicial e representar perigos à saúde

De acordo com o quiropraxista e diretor da clínica Mais Coluna David Porto, o ajuste das articulações – que causa o som de estalo – pode, sim, ser bastante prejudicial, mas só quando provocado pela própria pessoa ou por um profissional pouco capacitado, podendo gerar ou agravar lesões. 

Segundo ele, o barulho característico desses movimentos acontece quando existe um afastamento das faces articulares que estão sob pressão negativa. Ou seja, para o profissional de saúde, é como “o barulho de um desentupidor de pia quando puxamos com força”.  

Leia mais: Massagem para relaxar – saiba qual é a mais indicada para você

“Apesar de o estalo causar uma sensação de alívio momentâneo em muitos casos, quando executado de forma errada pode gerar sérios danos às estruturas da coluna vertebral, bem como causar vício em se ‘auto estalar’, o que piora o quadro”, afirma David. “Uma coisa é provocar o estalido, a outra é movimentar a articulação para o lado certo e respeitar seu limite”, completa.

Também existem partes do corpo que merecem uma atenção redobrada quanto aos riscos de lesões: coluna vertebral e pescoço – no qual, além das articulações, existem artérias importantes – além de áreas que recebem impacto específico em algumas atividades, como os joelhos.

David, porém, garante que – quando proporcionados da maneira correta – os estalos podem trazer benefícios duradouros ao paciente. “O estímulo mecânico provoca um efeito reflexo de relaxamento muscular e de analgesia local. Pode ser realmente saudável se realizada por um quiropraxista graduado, que promove o conforto e o ajuste de partes importantes do corpo”, diz.

Fonte: IG SAÚDE