Política de desenvolvimento regional reduz desigualdades, afirma Rodrigo Cunha

16

O senador Rodrigo Cunha (PSDB-AL) destacou, nesta quinta-feira (15), em plenário, a importância da nova Política Nacional de Desenvolvimento Regional instituída pelo governo federal, que, segundo ele, servirá para equilibrar os “abismos regionais”. O parlamentar destacou que o plano busca promover o desenvolvimento e a qualidade de vida em localidades com baixos indicadores socioeconômicos, referindo-se particularmente ao Norte e ao Nordeste.

— A Política Nacional de Desenvolvimento Regional está alicerçada em princípios como os da transparência, da participação social, da solidariedade e da cooperação federativa, além dos do desenvolvimento sustentável, da competitividade e da equidade do sistema produtivo.

Para Rodrigo, a ação governamental poderá auxiliar na redução das desigualdades enfrentadas por milhões de brasileiros desassistidos de políticas públicas eficientes e capazes de atender às demandas primordiais para proporcionar bem estar social.

O senador destacou que a Política adotará como estratégia a estruturação de um sistema de governança de desenvolvimento regional:

— Deverá implementar os chamados núcleos de inteligência regional, de modo a fazer leituras mais eficientes dos dados e indicadores sociais das regiões menos favorecidas do Brasil — argumentou.

Rodrigo Cunha defendeu um esforço ainda mais concentrado do governo federal para suplantar o “trágico retrato da injustiça social”. Para ele, mais do que uma política de governo, reduzir as desigualdades regionais e sociais também deve ser uma ação de Estado.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: Agência Senado