Bolsonaro, Doria e Witzel se mobilizam para receber prefeito de Miami no Brasil

10
source
Francis Suarez, prefeito de Miami arrow-options
Reprodução/Twitter

Prefeito de Miami, Francis Suarez vem ao Brasil para se encontrar com governadores, prefeitos e Bolsonaro


As tentativas de aproximação entre Brasil e Estados Unidos, alavancadas após a chegada de Jair Bolsonaro à presidência, acabam de ganhar mais um aliado: o prefeito de Miami. O republicano Francis Xavier Suarez desembarcou em São Paulo na última segunda-feira (12) e, já nesta terça (13), se reuniu com o governador João Doria e com o prefeito da capital, Bruno Covas. A agenda do político ainda inclui visitas ao presidente Bolsonaro e ao governador e prefeito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel e Marcelo Crivella, respectivamente.

Leia também: Presidente do PSL cita Idade Média para justificar Eduardo em embaixada nos EUA

O apoio do prefeito de Miami é importante para o momento político de Bolsonaro, que tenta emplacar seu filho Eduardo como embaixador do Brasil nos Estados Unidos. A cidade governada por Francis Suarez é o terceiro principal destino turístico dos brasileiros nos EUA, depois de Orlando e de Nova York.

Em seu primeiro ato no Brasil, Suarez assinou um acordo com o Sebrae de São Paulo para promover o crescimento empresarial entre a capital paulista e Miami . A ideia é que aconteça troca de informações entre os empresários das duas cidades.

Leia também: Eduardo Bolsonaro pede apoio de empresários para virar embaixador nos EUA

A assinatura foi comemorada peplo prefeito da cidade norte-americana em seu Twitter pessoal.



Na capital paulista, o político norte-americano teve uma reunião com João Doria com a presença de Bruno Covas para tratar de políticas de aproximação dos empresários paulistas com os EUA.

Na quarta-feira (14), Francis Suarez vai ao Rio de Janeiro para um encontro com o governador Wilson Witzel e o prefeito Marcelo Crivella. 

O prefeito de Miami ainda pretende se reunir com Jair Bolsonaro na quinta-feira (15) para tratar do apoio ao presidente brasileiro nas relações Brasil e Estados Unidos e se solidarizar com a escolha de Eduardo Bolsonaro para a Embaixada.

Fonte: IG Mundo