Operários e maquinários em movimento nas obras da rodovia MT-100

12

Foto: SAMANTHA DOS ANJOS FARIAS

A população de Alto Araguaia e Alto Taquari, municípios de Mato Grosso, já deparam com a movimentação de operários e maquinários para a conclusão da obra do asfalto da MT-100. A demanda faz parte da indicação de nº 672/2019 feita pelo deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) para a Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra).

Claudinei conta que visitou essa rodovia em 2018 e, após ser eleito para assumir o mandato parlamentar, retornou e buscou atender essa solicitação da população para o recapeamento da via. “Novamente, só tenho que agradecer ao secretário de Infraestrutura e ao Poder Executivo estadual por atender as nossas indicações em prol da sociedade mato-grossense. Uma das justificativas apontadas pela concessionária responsável pela execução da obra na época que estava paralisada era que o período das chuvas que impedia a retomada das obras”, conta o parlamentar.

O deputado conta que tomou conhecimento de inúmeras reclamações dos moradores que alegavam estar sofrendo prejuízos porque a estrada estava intransitável pelas péssimas condições.  Um deles foi José Valdivino Madureira, 54 anos, que mora em Alto Taquari há exatamente 20 anos. “Na verdade, a rodovia era boa, mas com o tempo foi piorando. Antes eu fazia o trecho em apenas 55 minutos e hoje faço em três horas”, conta o morador.

Já a professora Naur Pedrosilva Oliveira, 82 anos, conta que os filhos a impediram de dirigir na rodovia com receio que acontecesse algo com ela. “Há 47 anos moro na região e este trajeto faço quase diariamente. Era horrível e não tinha melhorias. Espero que fique boa com as obras”, diz a moradora.

A obra conta com a recuperação de cerca de 90 quilômetros ao longo da rodovia MT-100, sendo de responsabilidade da Via Brasil MT-100 Concessionária de Rodovias S/A, que realizou a contratação de empreiteiras para a execução dos serviços de tapa-buracos e pavimentação asfáltica.

Fonte: ALMT