Prefeito participa da inauguração do Hospital da Unimed Rondonópolis

19

Um “grande” presente para Rondonópolis, que ganha uma unidade hospitalar de ponta e consolida a cidade como referência em saúde. Assim o prefeito Zé Carlos do Pátio definiu a inauguração, na manhã desta sexta-feira (19), do Hospital da Unimed de Rondonópolis, que fica localizado na cabeceira norte do antigo aeroporto.

Maior cooperativa de médicos do País, a Unined investiu R$ 30 milhões de recursos próprios e financiou R$ 50 milhões junto ao Banco do Brasil pelo FCO na construção da sua primeira unidade hospitalar em Mato Grosso, visando melhoria contínua do atendimento médico e hospitalar da região sul do Estado, para oferecer uma medicina próxima, humana e de qualidade com pronto atendimento.

O novo hospital, considerado de alto padrão e o 120º construído pela Unimed no país, sendo o primeiro com uma usina fotovoltaica para abastecer a unidade, tem uma área construída com conceito ambientalmente sustentável de mais de 11 mil m², dentro de um terreno de 27 mil m². Conta com pronto atendimento, centro cirúrgico com cinco salas de cirurgia, 10 leitos de UTI, 116 leitos de internações, tomografia computadorizada, ultrassom, ressonância magnética entre outros.

“Estou muito feliz em ver a inauguração deste moderno hospital, que é o mais bonito que já vi em minha vida. Trata-se de um investimento ousado e corajoso dos médicos cooperados, que demonstra confiança no potencial da nossa cidade. Um investimento importante que contribuirá para consolidar Rondonópolis como referência em saúde, trazendo mais qualidade aos usuários da Unimed e refletindo positivamente no sistema público, com ampliação da capacidade hospitalar da cidade”, destacou Zé do Pátio, observando ainda que a nova unidade de saúde significará também a geração de novos postos de trabalho.

Ao todo, estão previstos mais de 500 empregos diretos gerados com o hospital funcionando plenamente, sendo que nesta fase inicial de operação são 260. “Temos ainda que considerar os negócios que irão girar no seu entorno, como lavanderia, alimentação, transportes, hotelaria entre outros que também irão gerar empregos e renda para o nosso povo”, destacou.

O prefeito lembrou que o município tem trabalhado para zerar as filas de muitos exames e cirurgias e agora, com o novo hospital da Unimed, muitos dos serviços que não são oferecidos atualmente em Rondonópolis a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) poderão ser contratados pela Prefeitura e realizados na cidade, dando mais comodidade aos pacientes.

“Hoje, fazemos mensalmente de 500 a mil cirurgias no Hospital de Poxoréo, pois não temos leitos suficientes aqui. Agora, poderemos contratar da Unimed, assim como estamos fazendo com os exames de mamografia e endoscopia, que antes eram só em Cuiabá, mas agora estão sendo feitos aqui, pois contratamos o Cedir”, comentou Pátio, acrescentado que, pelos diversos benefícios gerados, o Hospital da Unimed, que agregará valor ao setor de saúde, é “um grande presente para a cidade”.

Sonho

Diretor presidente da Unimed Rondonópolis, com atuação na cidade desde 11 de setembro de 1987 e conta hoje com mais de 80 mil clientes próprios, o médico Ricardo Correa Gonzales, falou que a inauguração do Hospital é um sonho realizado.

“É um trabalho gratificado pelo esforço de todos os cooperados, sejam os mais antigos ou os jovens. É com muita felicidade que defino a concretização deste projeto que é um grande passo para uma medicina superior, um salto em direção ao futuro”, destacou o diretor, acrescentando que o empreendimento inaugurado em Rondonópolis será “um marco para todo o Estado”.

Ele ressaltou ainda que a ideia da direção da Unimed Rondonópolis é desenvolver parcerias com o município, “de modo que a estrutura da unidade possa suprir boa parte da necessidade local, assim como também da região sul do estado”.  Apesar da inauguração, com descerramento da placa, a Unimed Rondonópolis informa que o atendimento aos pacientes começará a partir do próximo dia 3.