Bolsonaro admite possibilidade de escalar Eduardo como embaixador nos EUA

16
source
Eduardo Bolsonaro arrow-options
Paola de Orte/Agência Brasil

Deputado federal Eduardo Bolsonaro completou 35 anos nessa quarta-feira (10)

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) admitiu, nesta quinta-feira (11), a possibilidade de indicar seu terceiro filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ), para o posto de embaixador do Brasil nos Estados Unidos. 

“Está no meu radar. É uma possibilidade”, disse Bolsonaro , que exaltou o fato de seu filho ser fluente em inglês e supostamente possuir boa relação com a família do presidente norte-americano, Donald Trump.

A declaração do presidente surge no dia seguinte ao aniversário de 35 anos de Eduardo Bolsonaro . Essa é a idade mínima para se assumir o cargo de embaixador.

Eduardo Bolsonaro arrow-options
Reprodução/Instagram/Bolsonarosp

Donald Trump, Eduardo Bolsonaro e Jair Bolsonaro durante reunião da cúpula do G20, no Japão

Bolsonaro deu a entender que a indicação de Eduardo para atuar em Washington depende apenas do aval do próprio deputado. O presidente usou o presidente argentino, Maurício Macri, para justificar o suposto impacto positivo que a indicação de seu filho poderia surtir.

“Imagina o filho do Macri aqui, como embaixador da Argentina. Ele teria um tratamento diferenciado”, defendeu o presidente após a cerimônia de posse do novo diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) , Alexandre Ramagem.

A chefia da embaixada brasileira nos Estados Unidos está vaga desde abril, quando Sergio Amaral foi trazido de volta ao Brasil por decisão do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. Amaral deixou o posto devido a queixas de Bolsonaro, que reclamou de ser visto como racista e homofóbico no exterior porque, em sua avaliação, sua imagem não é bem defendida pelos diplomatas brasileiros.

Em sua conta do Twitter, Eduardo Bolsonaro se posicionou sobre as especulações, alertando que “em breve” fará uma coletiva com direita a transmissão nas redes sociais para falar sobre o assunto.

“Existem algumas especulações sobre a hipótese do presidente Jair Bolsonaro me indicar para a Embaixada do Brasil nos EUA. Devido a isso, em breve farei coletiva de imprensa na CREDN com transmissão ao vivo em meu facebook e instagram”, disse ele.

As indicações do presidente para ocupar embaixadas do Brasil no exterior precisam ser aprovadas pelo Senado, onde os indicados são submetidos a sabatinas.

Fonte: IG Nacional