Balança comercial tem saldo positivo no 1º semestre, mas recua frente a 2018

8
source
bolsonaro e paulo guedes
Marcos Corrêa/PR

Entre janeiro e junho, as exportações somaram US$ 110,9 bilhões – valor 1,8% menor do que o registrado no ano passado

A balança comercial brasileira terminou o primeiro semestre do ano com um saldo positivo de US$ 27,13 bilhões, segundo informou o Ministério da Economia nesta segunda-feira (1º). Mas o número é quase 9% pior que o registrado no mesmo período de 2018. 

Leia também: Acordo entre Mercosul e União Europeia proíbe subsídios a exportações

Entre janeiro e junho, as exportações somaram US$ 110,9 bilhões – valor 1,8% menor do que o registrado no mesmo período de 2018. O desempenho negativo, de acordo com a Secretaria Especial de Comércio Exterior do Ministério da Economia, é resultado da queda média de 3,33% dos preços das mercadorias exportadas, o que não compensou o aumento de 1,58% no volume embarcado.

Na agropecuária, o preço médio das mercadorias exportadas caiu 10,9%, contra queda média de 4,7% no preço dos bens da indústria de transformação. Apenas os preços da indústria extrativa, beneficiados principalmente pela alta do petróleo no mercado internacional, registraram alta média de 5,1%.

Leia também: Em dez anos, 92% das exportações Mercosul-União Europeia terão tarifa zero

As importações , em contrapartida, aumentaram. No primeiro semestre, o país comprou do exterior US$ 83,76 bilhões, valor 0,8% superior ao registrado no mesmo período do ano passado. As compras de bens de capital (máquinas e equipamentos usados na produção) subiram 5,4% de janeiro a junho. As aquisições de bens intermediários aumentaram 1,9%.

O preço médio das mercadorias importadas caiu 5,92% no primeiro semestre, mas a quantidade comprada do exterior aumentou 7,14%.

Expectativas para 2019

Depois de o saldo da balança comercial ter encerrado 2018 em US$ 58,959 bilhões, o segundo maior resultado positivo da história, o mercado estima um superávit menor em 2019. Segundo o último boletim Focus divulgado pelo Banco Central , os analistas preveem um saldo positivo de US$ 50,8 bilhões para este ano. Até o mês passado, o Ministério da Economia projetava superávit de US$ 50,1 bilhões para a  balança comercial em 2019.

Fonte: IG ECONOMIA