Polícia Civil apreende mais de 30 quilos de entorpecentes em ponto de distribuição em Várzea Grande

9

Assessoria | PJC-MT

Um ponto de distribuição de drogas que funcionava em Várzea Grande foi desarticulado pela Polícia Civil, na quinta-feira (13.06), com a prisão de quatro traficantes, em ação da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE). O trabalho resultou na apreensão de mais de 30 quilos de entorpecentes, entre maconha, pasta base e cocaína, além da apreensão de dinheiro e materiais relacionados a atividade ilícita.

Rinaldo Silva Santos, 27, conhecido como “Gordinho”, Everton Garcia de Oliveira, o “Corumbá”, Claudison Pereira, 33, conhecido como “Son”, estavam diretamente ligados a administração e gerenciamento da distribuidora e foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. O menor, J.D.C., 17, que também foi apreendido no local, responderá pelo ato infracional análogo aos mesmos crimes.

O endereço no bairro Jardim Glória, em Várzea Grande era monitorado pelos policiais da DRE há cerca de 03 meses, após diversas denúncias sobre a atuação de uma facção criminosa com o tráfico de drogas na região. Durante as investigações, a equipe de investigadores conseguiu identificar suspeitos, assim como a função de cada um no grupo criminoso.

Segundo o delegado, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, o ponto utilizado pelo grupo possui diversas complexidades, por se tratar de uma região de mata e com intensa movimentação de traficantes. “Além do endereço, foram identificados os suspeitos de gerenciar e administrar o armazenamento e a distribuição da droga, assim como o responsável pela contabilidade do dinheiro arrecadado com o crime. Eles possuíam até um observatório para visualizar a possível chegada de policiais na região”, disse o delegado.

Durante as investigações, os policiais da DRE receberam a informação de que o ponto seria abastecido com grande quantidade de drogas, na terça-feira (13). Em monitoramento do endereço, os investigadores flagraram o momento em que os suspeitos Rinaldo e Claudison saíram da casa em direção ao terreno dos fundos carregando sacolas aparentando se tratar de produtos ilícitos.

Diante das evidências, os investigadores realizaram a abordagem dos suspeitos que tentaram empreender fuga para dentro da residência, onde após verbalização, foram detidos. No interior do imóvel também forame encontrados o suspeito Everton e o seu irmão menor de idade, J.D.C..

Em buscas na casa e no terreno aos fundos, foram apreendidas várias porções de entorpecentes, sendo 29 tabletes grandes de maconha, 97 porções de cocaína e 39 porções de maconha, já embaladas para venda, outras porções médias e pequenas de cocaína, maconha e pasta base, espalhadas em pontos distintos, além de ácido bórico, éter, balanças de precisão, cadernos de anotações, contabilidade, e outros materiais relacionados ao tráfico de drogas.

Em continuidade as diligências, os policiais seguiram até a residência de Everton, onde apreenderam R$ 3,4 mil em dinheiro. Ao fim das diligências, os suspeitos foram encaminhados a DRE, onde após serem interrogados foi lavrado o flagrante. O procedimento do menor apreendido foi encaminhado para Delegacia Especializada do Adolescente (DEA).

“Uma das características do grupo também era cooptar crianças e adolescentes para atuarem com o tráfico de drogas, fato comprovado através da apreensão do menor”, destacou o delegado.

As investigações continuam para identificar e prender outros integrantes do grupo criminoso.

 

Fonte: PJC MT