Polícia Civil cumpre prisão de foragidos por homicídios e violência doméstica

7

Assessoria | PJC-MT

Três foragidos da Justiça acusados de envolvimento em diferentes crimes foram presos pela Polícia Civil, em ações distintas realizadas pela Gerência Estadual de Polinter. Os trabalhos, realizados na terça e quarta-feira (11 a 12.06), resultaram no cumprimento de quatro ordens judiciais contras autores de homicídio, violência doméstica e contra um suspeito de integrar grupo de extermínio no Estado de Goiás.

Homicídio

O primeiro procurado, Gabriel de Figueiredo Filho, 53, foi localizado pelos policiais civis na terça-feira (11.06). Ele estava com ordem de prisão preventiva decretada pela 14ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá, por envolvimento em uma tentativa de homicídio praticada contra seu próprio pai.

O crime aconteceu no ano de 2017, no Distrito da Guia (35 km da Capital). Na ocasião, Gabriel de Figueiredo de 75 anos, foi agredido com várias pauladas, porém, mesmo ferido conseguiu sobreviver. Durante as investigações foi constatado que tentativa de homicídio foi articulada pelo filho da vítima, Gabriel de Figueiredo Filho, com ajuda de um comparsa identificado como José Joaquim da Cruz (já falecido).

Após diligências ininterruptas para encontrar Gabriel, os investigadores da Polinter lograram êxito em surpreender o procurado em uma quitinete no bairro Paiaguás 3. Ao ser detido, o foragido disse ter ciência ao mandado de prisão, porém não revelou o motivo que o levou a atentar contra a vida do próprio pai. 

Violência doméstica

A segunda prisão ocorreu na quarta-feira (12.06). Acusado de violência doméstica, E.M.S., 53 anos, teve a ordem de prisão expedida pela 1ª Vara de Violência Doméstica e Familiar de Cuiabá, pelos crimes de ameaça e pertubação.

A vítima procurou o Poder Judiciário requisitando que sua medida protetiva imposta pela Lei Maria da Penha fosse atendida, uma vez que o agressor não estava acatando as determinações judiciais. Diante da denúncia o juízo competente decretou a ordem de prisão preventiva do suspeito. Com o mandado os policiais civis iniciaram buscas conseguindo prender o procurado no seu local de trabalho. 

Foragido Goiás

O terceiro preso encontrava-se foragido há mais de 16 anos. Rafael Rodrigues de Oliveira, 41, conhecido como “Moleiro”, foi preso pela equipe da Polinter na quarta-feira (12.06), após troca de informações com a Polícia Civil do Estado de Goias.

Segundo apurado, Rafael integra um grupo de extermínio na cidade de Itumbiara (GO), responsável por diversos homicídios na região. Ele estava com dois mandados de prisão preventiva em aberto, sendo um por condenação de mais de 21 anos de reclusão e outro por homicídio qualificado.

Desde então se escondendo em Mato Grosso, o procurado foi preso pelos investigadores da Polinter no final da tarde de quarta-feira (12), no bairro Jardim Glória 2, Várzea Grande. Durante a abordagem Rafael apresentou uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa.

Com base nos fatos o preso foi levado para Polinter, onde ao ser questionado sobre o documento, assumiu ter adquirido a documentação na cidade de Sinop há cerca de oito anos e vinha usando com intuito de não ser descoberto.

Diante do flagrante, além de cumprir os dois mandados de prisão, Rafael também foi autuado pelo crime de uso de documento falso.

Todos os três presos foram apresentados para audiência de custódia, permanecendo a disposição da Justiça.