Alice Wegmann é o bote salva-vidas de “Órfãos da Terra”?

12
source

Desde que “Órfãos da Terra” estreou no início das noites da Globo , no começo de abril, Alice Wegmann já possuía uma grande torcida por parte do público. Mesmo dando vida a uma vilã que não mede esforços para conseguir o que tanto quer, Dalila (ou Basma, agora na segunda fase) possui uma grande força na novela, visto que é uma das únicas que consegue esquentar a trama, já morna.

Leia também: “Órfãos da Terra” repete sina da faixa das 18h e gera impaciência com novo ritmo

Alice Wegmann
Reprodução/Instagram

Alice Wegmann


Repetindo os clichês passados, o folhetim contem tudo o que o telespectador gosta: os romances, que ficaram por conta de Laila (Julia Dalavia) e Jamil (Renato Góes); a comédia, nas mãos de Abner (Marcelo Médici) e Sara (Verônica Debom); o drama com as histórias dos refugiados e, claro, a vilania de Alice Wegmann .

No entanto, assim que a novela atingiu seu ápice com as maldades (reais!) de Aziz Abdallah (Herson Capri), o sheik foi morto misteriosamente e, com isso, seu plano de vingança contra o casal protagonista passa a ser comandado por Dalila, que viaja para o Brasil com o nome falso de Basma Bakri.

Leia também: Alice Wegmann é criticada ao fazer post sobre chuvas no Rio: “Oportunista”

Wegmann já havia mostrado seus dotes como atriz em outras tramas da Globo . Em “A Vida da Gente”, a moça deu vida à tenista Sofia. Em “Malhação”, seu grande papel de destaque na recente carreira, foi a vez da rebelde Lia. Seu mais recente papel, Maria de “Onde Nascem os Fortes”, trouxe à tona, literalmente, o lado forte de sua personagem e mostrou que a moça sabe mesmo dar vida a um grande drama nas novelas.

Órfãos da Terra ” esfriou e, como dizem os internautas, parece mesmo que Alice está carregando a novela nas costas. Os picos de emoção à flor da pele ficam por conta da vingança, ainda que infundada, de Dalila. Um amor não correspondido e o sentimento de ter sido trocada (sem mesmo ter sido escolhida) movem a vida da personagem, que faz de tudo para que Jamil e Laila tenham o que merecem.

Alice Wegmann
Reprodução/Instagram

Alice Wegmann


O auge do folhetim são os momentos de fragilidade, raiva e emoção da vilã. Acredite, ela tem sentimentos, mesmo que estejam ocultos (mas nem tanto) do público. Vale lembrar que a libanesa sofreu com a morte da mãe, Soraia (Letícia Sabatella), que foi assassinada por Aziz. Depois disso, outro baque: a morte misteriosa do pai, o que a impulsionou para seguir o legado de vingança do sheik.

Leia também: “Desenvolvi transtorno alimentar quando tinha 15 anos”, revela Alice Wegmann

Sem controle, a personagem de Alice Wegmann é a única que, aparentemente, movimenta a novela e prende os telespectadores na TV nos inícios das noites de segunda a sábado. Até o fim do folhetim, a jovem de 23 anos tem muito trabalho pela frente.

Fonte: IG GENTE