Hacker usou conta de jornalista para fazer ameaças a Dallagnol e à Lava Jato

12
source
Procurador Deltan Dallagnol
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil – 14.11.16

Procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa de procuradores que atuam na Operação Lava Jato

O jornalista do  Globo  Gabriel Mascarenhas, repórter da coluna de Lauro Jardim, teve sua conta no aplicativo de troca de mensagens Telegram invadida por um hacker no dia 11 de maio. O ataque foi relatado a autoridades na ocasião.

Leia também: Imprensa internacional repercute vazamento de conversas entre Moro e Dallagnol

Após a invasão, o hacker , se passando pelo jornalista, enviou mensagens intimidadoras ao procurador regional da República Danilo Pinheiro Dias. O criminoso dizia que precisava falar com Deltan Dallagnol, da Lava Jato em Curitiba, pois tinha informações de que a operação estaria em risco. Afirmava que fora procurado por uma terceira pessoa, que teria invadido perfis de outros investigadores e lhe passado materiais sigilosos que comprometeriam a investigação.

Leia também: PDT quer abrir CPI no Congresso para apurar conversas entre Moro e Dallagnol

Mais adiante, na mesma troca de mensagens, o hacker mudou o discurso, após o procurador desconfiar da real autoria das mensagens. Fez ameaças objetivas ao procurador, sustentando que poderia acabar com a Lava Jato . Pinheiro Dias entrou em contato com o jornalista , que esclareceu não ser o autor das mensagens.

Na ocasião, antes da divulgação da invasão dos celulares de integrantes da Lava Jato e, portanto, sem indícios de que poderia se tratar de um caso mais amplo , O  Globo comunicou formalmente o ocorrido à Procuradoria-Geral da República ( PGR ). O jornal foi informado que o caso tinha sido levado à procuradora Raquel Branquinho, um dos nomes mais próximos da procuradora-geral da República, Raquel Dodge.

Fonte: IG Política