3 vantagens de ter um celular Xiaomi agora que a empresa está no Brasil

12

Ela voltou e dessa vez é para ficar. O retorno da Xiaomi ao Brasil foi marcado pela abertura da sua  primeira loja física aqui, no dia 1º de junho, com direito a fila quilométrica para conhecer o estabelecimento e muita expectativa por parte dos consumidores que já conheciam as vantagens do celular Xiaomi e se mostraram grandes fãs de todos os produtos da fabricante.


Xiaomi
shutterstock

Quer ter um celular Xiaomi mas ainda tem medo de arriscar? Novas condições da marca podem te animar

Se você ainda não conhece a marca, é bom dar um jeito de reparar esse “problema” o quanto antes. Entre os mais de 120 itens que eles trouxeram para comercializar por aqui, o celular Xiaomi é o objeto que mais se destaca. O grande diferencial é que os modelos  oferecem tecnologia de ponta a um preço mais acessível que a Apple – um de seus principais concorrentes lá fora.

Agora, com uma loja em São Paulo e o site da Mi Store que deve funcionar em breve para todo o País, a tendência é que a empresa se popularize ainda mais entre os brasileiros. Isso porque antes, para conseguir adquirir algum produto, era necessário importar, o que fazia com que usuários mais conservadores e menos informados não se sentissem seguros, ou mesmo soubessem da existência do selo Xiaomi.

Para quem ainda tem dúvida se deve ou não apostar em celulares da marca, separamos aqui três motivos que podem te fazer sentir vontade de dar uma chance, principalmente agora que ela voltou ao solo tupiniquim.

1 – Assistência técnica

via GIPHY

Uma das maiores reclamações e medos de quem comprava o celular da chinesa era o que fazer caso o produto apresentasse algum defeito. Mesmo quando alguns aparelhos chegaram a ser vendidos no Brasil, em 2015, o fato de não ter uma assistência técnica Xiaomi por perto deixava muita gente apreensiva na hora da compra.

Agora, quem adquirir qualquer produto na loja física ou no site oficial da Mi Store vai poder contar com a garantia, administrada pela fabricante DL Eletrônicos, distribuidora oficial da marca no País.

Leia também: Xiaomi vale a pena? Veja prós e contras dos smartphones da marca chinesa

2 – Fácil acesso à mercadorias

via GIPHY

Quem importa, além de ficar meses esperando pelo produto chegar, ainda tem que contar com a sorte para que seu pedido não seja extraviado, taxado pela Receita Federal ou danificado no trajeto. Mas, se você comprar na loja em São Paulo ou no site oficial, esse perigo não existe mais.

Quem mora na capital paulista pode, além de testar os produtos, levar para casa na hora o que comprar. Já as compras feitas pela internet devem respeitar o tempo e regras de segurança adotada pela maioria das empresas que vendem on-line.

Caso o usuário tenha algum problema, o dispositivo deve ser enviado pelos correios às centrais de garantia Xiaomi no Brasil, localizadas em São Paulo e Santa Rita do Sapucaí, em Minas Gerais.

3 – Garantia e segurança

via GIPHY

A empresa garante que haverá emissão de nota fiscal em todos os dispositivos adquiridos por seus canais de vendas oficiais. De modo geral, os smartphones terão suporte por 12 meses, enquanto os demais aparelhos devem contar com tempo de garantia variado.

Isso significa que o consumidor terá total segurança na compra, caso algum produto venha com defeito ou precise de troca. 

Leia também: Lançamento: Huawei e Xiaomi retornam ao Brasil com novos modelos

Claro que proporcionar todas essas vantagens ao consumidor tem um preço, e isso está incluso nos valores dos produtos – mais salgados do que os praticados em lojas online, que trabalham com importação. Por isso, antes de comprar um celular Xiaomi , o consumidor precisa avaliar as condições que mais se adequam às suas necessidades.

IG TECNOLOGIA