Taxistas ameaçam bloquear acesso a Mônaco durante GP da Fórmula 1

5

Lewis Hamilton correndo pela Mercedes
Gero Breloer/AP

Taxistas ameaçam bloquear acesso ao GP de Mônaco da Fórmula 1.

A organização da Fórmula 1 poderá ter um problema inusitado durante o GP de Mônaco. Isso porque um grup ode taxista está ameaçando bloquear os acessos ao principado.  O motivo do gesto seria protestar contra a postura do governo em relação aos aplicativos de transporte.

Leia também: Chefão da Fórmula 1 confirma GP do Brasil de 2020 no Autódromo de Interlagos

O grupo de  taxistas  de Nice que ameaça bloquear o acesso à  Mônaco durante a  Fórmula 1 é reincidente nesse tipo de protesto. Durante o Festival de Cannes, o grupo realizou uma manifestação semelhante. Para realizar o protesto, os taxistas terão que viajar 21 quilômetros, distância entre Nice e o Principado. 

Os motoristas protestam contra a política do governo em relação aos aplicativos de transporte particular. O grupo exige uma posição do governo. “Se não obtivermos satisfação, estamos prontos para ir mais longe. Se não tivermos uma resposta até 22 de maio, é simples. O dia 23 é o começo do GP de Mônaco e vamos bloquear tudo”, afirmou um taxista ao jornal francês Nice Matin.


Lewis Hamilton com o troféu do GP da Espanha
Getty Images

Hamilton é o líder da atual temporada da Fórmula 1 e chega ao GP de Mônaco para ampliar a vantagem.

O GP de Mônaco será a sexta etapa da  Fórmula 1 em 2019.  Até o momento, Lewis Hamilton e Valtteri Bottas, ambos da Mercedes, estão dominando o Campeonato. Atualmente, o líder é o pentacampeão mundial, com 112 pontos, sete a mais do que o colega finlandês. Verstappen, da RBR, é o terceiro colocado com 66 pontos. 


IG ESPORTE