PRF MT participa da Operação Integrada Salutem

16

Em apenas duas horas de operação, 435 pessoas foram abordadas, 37 veículos recolhidos e 82 autos de infração emitidos.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) participa da Operação Integrada Salutem, realizada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT). O lançamento foi na manhã desta quinta-feira (16), no trevo da Rodovia Mário Andreazza com a Estrada da Guarita, em Várzea Grande.

Do trevo, os policiais seguiram para os pontos de bloqueio em diversos locais de Várzea Grande. Em apenas duas horas de operação, 435 pessoas foram abordadas, 37 veículos recolhidos e 82 autos de infração emitidos.

O foco é o combate aos crimes nas regiões próximas a rodovias federais, principalmente roubos e furtos de veículos e cargas, adulterações de sinais de identificação veicular, tráfico de entorpecentes, transporte irregular de cargas, porte ilegal de arma de fogo e descumprimento de medidas sanitárias. Ao todo, 100 agentes, 45 viaturas policiais e dois helicópteros são empregados na ação.

O superintendente da PRF MT, Francisco Élcio Lima Lucena, destacou que a operação foi uma demanda da instituição que solicitou a integração para um combate mais efetivo aos crimes. “Essa integração é de extrema importância, cada órgão tem suas especialidades e juntar todo esse conhecimento torna a atuação muito maior, além de aumentar o efetivo policial”, frisou.

Além da PRF, integram a ação as polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Detran (Departamento de Trânsito), Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), Instituto de Defesa Agropecuária do Mato Grosso (Indea), Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-MT) e Guarda Municipal de Várzea Grande.

A Operação Salutem segue por pelo menos 30 dias. O nome vem do latim e significa segurança pública.

*Texto e imagens: Neocleciana Gonçalves / Nucom PRF MT*

Confira os vídeos: