Governo quer aprovar liberação de R$ 248 bilhões para assegurar pagamento da Previdência

6

Essa poderá ser a primeira vez que o governo federal terá que emitir títulos da dívida para pagar despesas correntes. O projeto (PLN 4/2019) com pedido de liberação de R$ 248 bilhões está na Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO). Segundo o presidente do colegiado, senador Marcelo Castro (MDB-PI), o Congresso não tem muito tempo para discutir a autorização de gastos porque a partir do dia 6 de junho, o governo não terá dinheiro para pagar aposentadorias e benefícios sociais. Apesar de dizer que a oposição votará a favor para não penalizar aposentados e beneficiários de programas sociais, a senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA), questiona o tamanho do endividamento. Ouça o áudio com mais informações da repórter da Rádio Senado, Hérica Christian.