Crítica internacional se empolga e vê referências cinematográficas em “Bacurau”

13
source

Exibido em sessão de gala na última quarta-feira (15) em Cannes, mais prestigiado e famoso festival de cinema no mundo, “Bacurau”teve recepção tremendamente positiva por parte da crítica internacional.


Bacurau
Divulgação

Cena do filme Bacurau, que estreou nesta semana no Festival de Cannes

Os veículos dos EUA, costumeiramente reticentes ao exercício de gênero por cineastas estrangeiros (vide a relação conflituosa com o indiano M. Night Shyamalan) recebeu “Bacurau” com reservas, mas de maneira geral a produção caiu no gosto da crítica.

Leia também: Com fantasia e terror gore, “Bacurau” causa sensação em Cannes

O longa, descrito como um western ambientado no Nordeste com elementos de fantasia e terror gore, é o segundo de Kleber Mendonça Filho na competição oficial em Cannes. O primeiro foi “Aquarius” em 2016. Ex-crítico, o amor de Mendonça Filho pelo cinema já era notório mesmo antes dele estrear no ofício de cineasta, mas este filme talvez seja o que melhor mimetize essa condição.

Quem expressa isso é a crítica internacional que salpicou referências cinematográficas que vão de Akira Kurosawa a Eli Roth. Abaixo, a coluna selecionou algumas das muitas referências, entre filmes e cineastas, atribuídas a “Bacurau” pela crítica presente em Cannes .

  • David Lynch
  • “Por um Punhado de Dólares” (1964)
  • “Os Sete Samurais” (1954) 
  • “O Albergue” (2006)
  • “Tieta do Agreste” (1996)
  • “Assalto ao 13º DP” (1974)
  • Clint Eastwood
  • Dario Argento

Leia também: “John Wick 3” amplia universo da franquia e apresenta cenas de ação alucinantes

Assista abaixo ao teaser do filme que ainda não tem previsão de estreia no Brasil

Fonte: IG GENTE