Jejum de água é seguro? Mulher comemora resultado da abstinência do líquido

16
source

Nicola Arthur, de 47 anos, tem um corpo definido e escultural. A mulher, que é de Sidney, na Austrália, transformou completamente seu estilo de vida no ano de 2013. Para ela,  dietas perigosas – o que inclui jejum de água – são a chave para tonificar os músculos.

Leia também: Bela Gil tenta fazer jejum Master Cleanse, mas desiste; há riscos na prática?


jejum de água
Reprodução/Instagram/@nickyarthur2_

Nicola Arthur comemora resultado de jejum de água por 21 dias. “elevou meu conhecimento de saúde e corpo”


Nicola tinha compulsão em comida adorava ir a festas, mas aos 24 anos trocou essa rotina por ioga e alimentação saudável. Recentemente, ela conta que aderiu a uma prática polêmica: o  jejum de água . Em suas redes sociais, ela comemorou os resultados, afirmando que jejuar a deixou com uma aparência mais jovem do que nunca.

“Eu não ficava doente há anos, mas tinha dores de estômago e ele estava terrivelmente inchado. Decidi fazer um jejum de apenas 21 dias para curar meu corpo”, diz a instrutora de ioga ao portal The Sun , relatando como começou a investir na dieta.

Contrariando especialistas, que alertam sobre a necessidade de beber ao menos 2 litros de água diariamente, ela garante que “se você jejuar você terá maior energia, clareza de espírito, menos desejos, melhor sistema digestivo, pele mais clara, olhos claros, alegria, células renovadas, sensação de rejuvenescimento, e ainda conseguirá eliminar a inflamação e perder peso”.

Leia também: Australiana transforma corpo e perde 30 kg com jejum intermitente; veja mudança

Apesar disso, Nicola avisa que o processo não deve ser feito por todas as pessoas. “Se você não tem uma relação saudável com a comida, tem bulimia ou anorexia, está grávida ou tem diabetes tipo 1 ou 2, você não deve passar por um jejum”, aconselha. “Fazer o jejum da água elevou meu conhecimento de saúde e corpo”, complementa.

A australiana destaca que é importante não mudar os hábitos de vida drasticamente. “Qualquer pessoa que queira fazer mudanças permanentes e positivas deve fazer as coisas devagar. Reduzir as coisas uma a uma, pequenas e frequentes”, sugere a mulher, que também diz que o foco não deve ser apenas perder peso .

Contudo, ficar sem tomar água pode culminar em complicações para o corpo e acabar oferecendo sérios riscos à saúde.

Especialista não aconselha o jejum de água


água
shutterstock

Ficar sem beber água não é recomendado por especialista, e o jejum pode ser bem prejudicial à saúde


A profissional da saúde consultada pelo site The Sun   garantiu não ser uma boa ideia aderir ao jejum praticado por Nicola e alegou que essa abstinência é perigosa.

Para a médica Sarah Jarvis, ficar sem água não só é prejudicial como pode culminar em danos à aparência , contrariando o que foi dito pela instrutora de ioga. “Dietas extremas podem levar a perder tecido na pele do rosto, fazendo você parecer mais velho”, alerta.

Além disso, os riscos de desenvolver alguma doença aumentam. “Pode enfraquecer seu sistema imunológico e deixá-lo com deficiências de vitaminas e minerais. Vitaminas solúveis em água, como a vitamina C, encontrada em frutas e vegetais, precisam ser ingeridas todos os dias”, diz a médica.

Leia também: Malhar em jejum ajuda a queimar mais gordura? Especialistas explicam

Em uma publicação no Instagram, Nicola adverte que o jejum de água deve ser feito somente após a recomendação de um especialista. “Você deve sempre consultar um médico antes de começar o jejum. A decisão final sobre segurança deve ser de responsabilidade deles”, afirma a australiana.

Fonte: IG Mulher