Bolsonaro lamenta morte de Ricardo Boechat e se solidariza com a família

8

Ricardo Boechat morreu em acidente de helicóptero nesta segunda-feira
Reprodução

Ricardo Boechat morreu em acidente de helicóptero nesta segunda-feira


O presidente Jair Bolsonaro usou o seu perfil oficial do Twitter para lamentar a morte de Ricardo Boechat nesta segunda-feira. O jornalista estava em um helicóptero que caiu na rodovia Anhanguera, próximo ao Rodoanel, em São Paulo e morreu carbonizado. Além de Boechat, o piloto também morreu. Na mensagem, Bolsonaro se solidarizou com a família.

Leia também: Menina de 8 anos cai do quarto andar de prédio, no interior de São Paulo

“É com pesar que recebo a triste notícia do falecimento do jornalista Ricardo Boechat , que estava no helicóptero que caiu hoje em SP. Minha solidariedade à família do profissional e colega que sempre tive muito respeito, bem como do piloto. Que Deus console a todos!, escreveu Bolsonaro.


Outros políticos do Brasil também usaram o Twitter para deixarem mensagens de força para a família do jornalista e lamentarem a morte. O vice-presidente Hamilton Mourão também fez questão de deixar palavras de conforto para toda a classe jornalística.





O ex-presidente Michel Temer disse que está triste com a notícia da morte e lamentou a perda enorme do jornalismo brasileiro.


O governador de São Paulo, João Doria, afirmou que Boechat era um dos maiores jornalistas da história e destacou a sensibilidade do profissional em retratar o interesse público e o jornalismo de qualidade. O político também se solidarizou com a família e os funcionários do Grupo Bandeirantes.





Leia também: Bolsonaro acorda bem e segue se recuperando bem, diz assessoria

Âncora na Bandeirantes e na rádio BandNews, Ricardo Boechat tinha 66 anos e quase 50 anos como jornalista. Nascido em Buenos Aires, era naturalizado brasileiro e atuou em grandes canais de mídia, como Globo, revistas Veja e IstoÉ, Jornal do Brasil, O Globo, além do Grupo Bandeirantes. O jornalista deixa a esposa e seis filhos.

IG Nacional