Brasileira é morta a facadas enquanto levava bebê no colo em Londres

13

A brasileira Aliny Mendes vivia em Londres com quatro filhos; ela era separada do marido e vivia sozinha com as crianças
Reprodução/Facebook

A brasileira Aliny Mendes vivia em Londres com quatro filhos; ela era separada do marido e vivia sozinha com as crianças

A brasileira Aliny Mendes, de 39 anos, foi morta a facadas na madrugada deste sábado (9), em Londres, na Inglaterra. O crime aconteceu quando a mulher, mãe de quatro filhos, estava a caminho da escola em que matriculou suas crianças. Um dos seus filhos ainda é um bebê e ele estava no colo da mãe quando ela foi esfaqueada.

Leia também: Estudante brasileira é agredida por portugueses e faz denúncia de xenofobia

De acordo com o jornal britânico Daily Mail , Aliny estava justamente indo buscar os seus outros filhos no colégio, quando foi vítima do crime. O assassinato a céu aberto aconteceu em um bairro considerado pelas autoridades locais um calmo subúrbio de Londres. A brasileira não resistiu aos ferimentos e morreu antes de qualquer atendimento médico. 

Segundo as testemunhas ouvidas pelo jornal, um homem teria saído do banco de passageiros de uma caminhonete e atacado Aliny. Apenas duas horas após a confirmação da morte da vítima, a polícia britânica prendeu um suspeito de envolvimento no assassinato de Aliny . Ele estava a um quilômetro e meio do local do crime, em uma van branca. Mais tarde, um segundo homem foi preso por suspeita de auxiliar o criminoso.

Leia também: Mourão reconhece a Palestina como Estado e nega que Brasil feche a embaixada

Ainda de acordo com o Daily Mail , a suspeita é de que o crime tenha sido um “crime doméstico”, ou seja, que o assassino tivesse a intenção de matar especificamente Aliny. Tal suspeita se dá porque testemunhas afirmam que o homem teria chamado Aliny pelo nome antes de esfaqueá-la. Há também a suspeita de que o crime tenha motivos xenofóbicos

Recentemente, a vítima havia se separado do marido e mudado para a região londrina. Ela era católica e bastante conhecida e querida na comunidade religiosa da qual fazia parte. Esses amigos, inclusive, estão arrecadando dinheiro para enviar as crianças de Aliny de volta para o Brasil.

Leia também: Bolsonaro e ministros desistem de pronunciamento e entrevista em Davos

Onde o crime aconteceu, no caminho de Aliny até a escola londrina, conhecidos, amigos e vizinhos da brasileira depositam flores e prestam homenagens à vítima.