Deputados abraçam a PM e diz que segurança será prioridade

8

Foto: Marcos Lopes

O deputado estadual Silvio Fávero e o federal Nelson Barbudo, ambos do Partido Social Liberal (PSL) estiveram no Comando-Geral da Polícia Militar para tratar de assuntos pertinentes à estrutura da corporação. Os deputados foram recebidos pelo comandante da PM, em Mato Grosso, Joanildo José de Assis e também comandantes regionais da instituição.

Sílvio Fávero destacou a importância da atuação da polícia e colocou-se à disposição para ajudar no que for necessário. A falta de estrutura e de efetivo, segundo Fávero, são dois pontos que precisam ser revistos com urgência. “Não dá para culpar a polícia o tempo todo. Se à PM não é oferecida às condições necessárias para o bom combate. Sou um amigo da polícia e não vou medir esforços para juntos, encontrarmos soluções que permitam a boa atuação da nossa gloriosa polícia militar”, observou o deputado.

O deputado Nelson Barbudo também se colocou a postos pelas causas, em Brasília. Segundo ele, a polícia, além de não possuir condições necessárias para exercer um bom trabalho, ainda sofre retaliações. “A polícia é prejudicada pela falta de estrutura e ainda paga um preço muito alto com a inversão de valores onde bandido é valorizado e a polícia banalizada, ora, precisamos reverter isso e eu não vou medir esforços para ajudar construir uma nova história para nossa polícia”, ressaltou.

Assuntos relacionados à segurança de fronteira, combate ao crime organizado e outras operações especiais e até mesmo as rondas ostensivas feitas pela polícia foram assuntos discutidos na tarde desta sexta-feira (8). Os parlamentares asseguraram apoio à polícia nas esferas estadual e federal principalmente na elaboração de projetos e também emendas que possam contribuir com o reforço e a valorização da PM de Mato Grosso.

“A Polícia Militar tem trabalhado de forma intensiva, dedicação exclusiva. Infelizmente existe um problema chamado orçamento, que nos impede de ir além, porém não medimos esforços para atender nosso estado, a população de um modo geral. Mas, ao mesmo tempo nós, corporação, temos buscado alternativas para evitar prejuízos à sociedade e buscamos parcerias com os poderes e também com a iniciativa privada e a ajuda dos senhores (deputados) é bem-vinda”, avaliou Assim, comandante geral da PMMT.

Participaram também da reunião, o primeiro secretário do PSL regional e primeiro suplente da senadora Selma Arruda, Beto Possamai e os chefes de gabinetes dos deputados Silvio e Barbudo, Carlos Hayashida e Rafael Klaus Dal Bo, respectivamente.