Detentos tentam fugir durante audiência e o próprio juiz os persegue; assista

6

Juiz corre atrás dos detentos em quatro lances de escada, até que consegue pegar um deles
Reprodução/Daily Mail

Juiz corre atrás dos detentos em quatro lances de escada, até que consegue pegar um deles

Dois detentos tentaram fugir durante um julgamento realizado nessa terça-feira (23) no tribunal do Condado de Lewis, nos Estados Unidos. Kodey Howard e Tanner Jacobonson correram pelos corredores enquanto ainda estavam algemados, mas o juiz corre atrás dos detentos. 

Leia também: Pane em escada rolante no metrô de Roma deixa feridos; assista ao vídeo

Howard, de 28 anos e Jacobonson, de 22, estavam sendo julgados por acusações ainda desconhecidas em um tribunal em Lewis quando decidiram tentar fugir – mesmo estando algemados. Os vídeos, captados pelas câmeras de segurança da corte, mostram que o próprio juiz corre atrás dos detentos .

Antes de iniciar a perseguição, o magistrado RW Buzzard, é visto tirando sua túnica preta para depois correr pelos corredores do prédio atrás dos fugitivos. Um dos suspeitos chega a cair por conta da falta de equilíbrio causada pelos punhos algemados.

As imagens da câmera de segurança do tribunal mostram Buzzard correndo atrás dos fugitivos por quatro lances das escadas de incêndio, até que ele consegue segurar Howard já na porta de saída. O segundo, Jacobonson, consegue correr mais alguns quarteirões, mas também foi detido pelas autoridades. 

No Twitter, o jornal CBS Evening News publicou o vídeo das câmeras de segurança. “Fazendo uma pausa para isso: Quando dois presos saíram de um tribunal em Lewis County, eles sabiam que a polícia iria atrás deles – o que eles não esperavam era que o juiz também viesse.”

Leia também: Número de vítimas do Furacão Michael nos Estados Unidos sobe e chega a 18

Juiz corre atrás dos detentos nos EUA; assista abaixo:

O promotor do condato de Lewis, Jonathan Meyer, disse em entrevista ao jornal local The Chronicle que uma ideia para diminuir os incidentes dentro do tribunal é permitir que guardas armados monitorem o local em todos os momentos. “Francamente, eu não gosto quando os juízes partem para perseguir as pessoas… porque não é isso que eles são treinados para fazer”, disse Meyer.

No vídeo, o juiz corre atrás dos detentos e consegue pegá-los. Após isso, ambos foram acusados em segundo grau por tentativa de fuga e terão que pagar fiança em dinheiro no valor de US$ 50 mil dólares para Howard e de US$ 100 mil para Jacobonson (o detento que conseguiu deixar o prédio do tribunal). 

Leia também: Selfies ‘já mataram’ 259 pessoas, mostra estudo; homens são principais vítimas