Retrospectiva do WhatsApp é golpe e mais de 339 mil pessoas já cairam

16

Novo golpe do WhatsApp faz usuários acreditarem que podem criar uma retrospectiva de seu ano dentro do aplicativo
Pixabay

Novo golpe do WhatsApp faz usuários acreditarem que podem criar uma retrospectiva de seu ano dentro do aplicativo

Um novo golpe do WhatsApp está circulando pelo aplicativo de mensagens desde quinta-feira (20). O truque, que promete uma ‘retrospectiva 2018‘ dentro da rede social, já enganou mais de 339 mil pessoas, de acordo com o laboratório PSafe, especializado em segurança na internet.

Leia também: WhatsApp vai reduzir ainda mais número de mensagens encaminhadas 

Segundo a PSafe, o objetivo do novo golpe do WhatsApp é conseguir dinheiro a partir de cliques e visualização de conteúdos de publicidade. Em outros casos, os usuários também podem acabar conectados em sites que tentem conseguir seus dados pessoais.


Mensagem do novo golpe do WhatsApp
REPRODUÇÃO WHATSAPP

Mensagem do novo golpe do WhatsApp

Para ser pego, o usuário recebe uma mensagem que promete criar uma retrospectiva com fotos e conversas que aconteceram durante o ano. “Pessoal, acabei de ver minha Retrospectiva 2018 que o WhatsApp liberou. Muito bom! Relembrei as fotos antigas, status e conversas. Veja a de vocês aí”, diz o texto. Abaixo da mensagem, há um link para criar o conteúdo desejado.

Depois de ir até o site, o leitor deve clicar em “ver retrospectiva”. Em seguida, é dito que ela foi criada com sucesso e os usuários são avisados de que é preciso compartilhar e enviar o conteúdo a “todos os seus amigos e grupos do WhatsApp, para que eles também possam ver a retrospectiva deles”e só então a retrospectiva em questão ficará visível para o internauta.

A página também exibe uma série de comentários, que aparentemente foram postados no Facebook, para dar credibilidade ao golpe.


Golpe do WhatsApp tenta acessar dados das vítimas
REPRODUÇÃO WHATSAPP

Golpe do WhatsApp tenta acessar dados das vítimas












Clonagem: outro golpe do WhatsApp já foi pego neste mês


Golpe do WhatsApp clona números para pedir dinheiro a terceiros
Pixabay

Golpe do WhatsApp clona números para pedir dinheiro a terceiros

No começo de dezembro, a Policia Civil do Ceará informou que pelo menos cinco mil pessoas de todo o Brasil já foram afetadas por um noto tipo de golpe virtual: a clonagem de números de WhatsApp . De acordo com a investigação, os números copiados são usados para que assaltantes se passem por conhecidos dos usuários e peçam dinheiro.

Funciona assim: alguém recebe uma mensagem de WhatsApp de um familiar, amigo ou conhecido, pedindo a transferência de dinheiro para uma situação urgente. Querendo ajudar, a pessoa transfere, na hora, a quantia pedida – e descobre, depois, que na verdade o número do conhecido havia sido clonado e o depósito foi feito para uma terceira pessoa de fora.

Leia também: Prepare-se: a partir de segunda, WhatsApp vai apagar backup de celulares Android

O golpe do WhatsApp , que vem sendo investigado pela Célula de Inteligência Cibernética do Departamento da Polícia Civil do Ceará, tem obtido sucesso por dois motivos: é dificil que alguém desconfie, já que as mensagens vem exatamente do mesmo número de seu amigo ou familiar; e, com ajuda da tecnologia, as transações são efetivadas na hora, pelo internet banking do celular.