Polícia Civil fecha boca de fumo e prende dois na Capital

42

Assessoria | PJC-MT

A Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) desarticulou, nesta terça-feira (27.11) mais um ponto de venda de drogas, que funcionava no bairro Ouro Fino, em Cuiabá. O trabalho resultou na apreensão de porções de maconha e pasta base de cocaina e de apetrechos relacionados ao  tráfico. 

Na ação, Karina Lopes da Silva, 21, e Joilson Francisco da Silva foram presos em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Um usuário flagrado com porções de pasta base, compradas na boca de fumo também foi conduzido e responderá por uso de entorpecentes.

As investigações iniciaram após a equipe de investigadores da DRE receber informações sobre uma residência no bairro Ouro Fino, que seria utilizada como ponto de venda de entorpecentes, assim como local para guarda de produtos provenientes de roubo. Após monitoramento do endereço, os policiais constataram grande movimentação de pessoas que entravam e saiam da residência, após adquirirem entorpecentes.

Os policiais abordaram um usuário que saía da casa, sendo encontrado com ele, algumas porções pequenas de pasta base de cocaína. Questionado, o suspeito confessou que comprou a droga na boca de fumo comandada por Karina e pelo seu esposo Jhefferson (que continua foragido).

Diante das evidências, os policiais foram até a residência, e no momento em que entraram três suspeitos fugiram, ficando apenas Karina que estava com uma criança no colo. No primeiro momento, a suspeita confirmou que ali funcionava uma boca de fumo, mas negou que morava na casa, alegando que estava ali para cuidar da limpeza.

Em continuidade as diligências, os investigadores realizaram a prisão de Joilson que disse que vendia as drogas para Jhefferson e levou os policiais até uma região de mata em que estavam escondidas porções de maconha e de pasta base de cocaína, além de ácido bórico, balanças de precisão e munições. O suspeito também revelou que Karina é na verdade, esposa do traficante e que ela comandava a boca de fumo junto ao seu marido.

Em conversa com moradores do bairro, foi descoberto que o casal movimenta o tráfico de drogas na região, gerando grande movimentação de usuários no bairro. Na residência do casal, os policiais também apreenderam um piriquito engaiolado e com as asas cortadas.

Os suspeitos Karina e Joilson foram conduzidos a DRE, onde após serem interrogados foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para tráfico. Karina também responderá por maus tratos de animais. O usuário flagrado com porções de entorpecentes responderá a Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por uso de drogas.