Mais de 2,5 mil casos de sarampo foram confirmados no Brasil, aponta boletim

3

Casos de sarampo no Brasil podem aumentar: só no Amazonas há mais de 7 mil casos em investigação
shutterstock

Casos de sarampo no Brasil podem aumentar: só no Amazonas há mais de 7 mil casos em investigação

O número de casos de sarampo no Brasil foi atualizado pelo Ministério da Saúde nesta quarta-feira (31). Segundo as informações repassadas pelas secretarias estaduais de saúde sobre a situação, até o dia 29 de outubro foram confirmados 2.564 casos.

Leia também: Casos de sarampo nas Américas aumentam 32% em apenas um mês, aponta OMS

Atualmente, dois surtos de sarampo no Brasil foram registrados: no Amazonas, onde 2.126 casos foram comprovados e há 7.611 em investigação, e em Roraima, com 345 casos confirmados e 50 em investigação.

Apesar de apresentar um número maior de casos no novo boletim, o Ministério da Saúde informa que nos estados do Amazonas e Roraima, o aumento de casos registrado deve-se a notificações de semanas anteriores, que ainda estavam em investigação, e que foram confirmadas.

”Portanto, não se trata de novos casos notificados, já que em ambos estados, a curva de novos casos é decrescente. Em Roraima, a maior concentração de casos se deu entre fevereiro e abril deste ano. Já no Amazonas, a queda no número de casos se dá a partir do início de agosto, sendo o pico em meados de julho”, escreveu a pasta.

Os surtos estão relacionados à importação, já que o genótipo do vírus (D8) que está circulando no país é o mesmo que circula na Venezuela, país que enfrenta um surto da doença desde 2017.  

Leia também: Jovem que registrou primeiro caso de sarampo no Distrito Federal estava vacinado

Alguns casos isolados e relacionados à importação foram identificados nos estados de São Paulo (3), Rio de Janeiro (19); Rio Grande do Sul (43); Rondônia (2), Pernambuco (4), Pará (17), Distrito Federal (1) e Sergipe (4). Até o momento, no Brasil, foram confirmados 14 óbitos por sarampo, sendo quatro óbitos no estado de Roraima e 8 no Amazonas.

O Ministério da Saúde, de janeiro a outubro de 2018, encaminhou aos Estados de Rondônia, Amazonas, Roraima, Pará, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Sergipe e Distrito Federal o quantitativo de 13,2 milhões de doses da vacina tríplice viral, para atender a demanda dos serviços de rotina e a realização de ações de bloqueio, intensificação e campanha de vacinação para prevenção de novos casos de sarampo .

Em relação à Campanha Nacional de Vacinação contra sarampo, todos os estados que apresentam casos confirmados de sarampo alcançaram a meta mínima de 95% de cobertura vacinal, com exceção do Distrito Federal.

Leia também: Europa registra mais de 41 mil casos de sarampo neste ano, afirma OMS

De acordo com o Ministério da Saúde, a pasta permanece acompanhando a situação do sarampo no Brasil e prestando o apoio necessário aos Estados. Cabe esclarecer que as medidas de bloqueio de vacinação, mesmo em casos suspeitos, estão sendo realizadas em todos os estados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui