Polícia Civil realiza palestra em Centro de Reabilitação de dependentes químicos em Pontes e Lacerda

9

Assessoria | PJC-MT

Cerca de 85 pessoas, entre jovens e adultos, participaram de uma mesa redonda promovida pelo Programa De Cara Limpa Contra as Drogas, da Polícia Judiciária Civil, na terça-feira (07.08), em Pontes e Lacerda (448 km a Oeste). A ação voltada para dependentes químicos em tratamento foi realizada no Centro Terapêutico Toque da Mão do Mestre.

A instituição, coordenada pela Igreja Toque da Mão do Mestre, atua na ressocialização de dependentes químicos há mais de 10 anos. A unidade, localizada na Rodovia BR 174, na saída de Vila Bela, abriga mais de 85 pessoas, de diferentes estados do país (Amazonas, Rondônia, Pará e Goiás) com idades entre 15 a 56 anos.

Visando somar no papel de recuperação, na terça-feira (07), a Polícia Judiciária Civil de Pontes e Lacerda, através do projeto De Cara Limpa Contra as Drogas, promoveu uma ‘mesa redonda”, com os pacientes, abordando o tema “Drogas – Um Conto Verdadeiro”.

Durante a atividade, foi realizada a exposição de uma nova ótica do problema e a troca de ideias entre os participantes, que puderam trocar experiências vividas, buscando a prevenção ao uso de drogas lícitas ou ilícitas.

O coordenador do projeto De Cara Limpa Contra as Drogas na Regional de Pontes e Lacerda, investigador da Polícia Civil IPC Farias, também integrante do Grupo Armado de Resposta Rápida (Garra), afirma que além das ações preventivas, o papel da família é fundamental para recuperação pós-tratamento.

“É importante que todos façam a sua parte para auxiliar a recuperação das pessoas que se tornam dependentes químicos. Estamos abertos a parcerias e atividades que possam atingir maior número de pessoas visando a prevenção e a repressão ao uso de drogas lícitas e ilícitas”, destacou o investigador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui